As prendas que mindelenses querem receber do PM  :devolução do IUR , emprego etc e etc…

9/12/2015 08:05 - Modificado em 9/12/2015 08:05

JMNevesO NN saiu a rua para perguntar aos mindelenses qual a prenda que gostariam que o primeiro-ministro lhes oferecesse neste último Natal  que passa nessa qualidade. Estes não se fizeram rogados  e pedem  emprego , melhores condições de vida, devolução do poder  de compra, devolução do IUR, décimo terceiro mês, diminuição do IVA, diminuição dos preços dos serviços prestados pela CVTelecom e a Electra, segurança .

Mas com uma lista tão extensa , o melhor  é colocar  na carta com  o pedido um ” com  conhecimento  para Janira e Ulisses ” ,pois não parece que José Maria Neves vá conseguir satisfazer em dois meses o que não consegui fazer em …  quinze anos .Mas como a boca mora na ladeira  da lista consta das mais variadas ideias, resta saber os endereços para a entrega dos presentes. Sandrina que é licenciada em Gestão de Empresas, desempregada há três anos disse á nossa reportagem que depois de ter participado em diversos concurso no sentido de ingressar no mercado de trabalho  gostaria que chegasse em casa e recebesse uma notícia dizendo que foi seleccionada e que em breve vai trabalhar.
Na mesma linha de pedido, Marcos Lourenço ambiciona que o chefe do Governo pudesse proporcionar aos jovens maior oportunidade de emprego. Carlos ,que o acompanha , acrescenta que gostaria que os jovens tivessem empregos com maior dignidade e que os trabalhadores não fossem explorados por causa da falta de emprego.
Mais adiante encontramos com Silvestre Cardoso gostaria que o IUR fosse devolvido aos cabo-verdianos e que o IVA fosse reduzido. Muito ambicioso Cardoso acrescenta que gostaria que os cabo-verdianos tivessem melhores condições de vida e que o puder de compra fosse devolvido.
Os mindelenses entrevistado pelo NN, mostraram-se ambiciosos e pediram a diminuição dos preços dos serviços prestados pela CVTelecom e a Electra, maior segurança, Emprego, melhores condições de vida, devolução do poder  de compra, devolução do IUR, décimo terceiro, diminuição do IVA, entre outros.
Os pedidos estão feitos resta agora aguardar pela entrega dessas prendas ou mudar de País .

  1. por CV + justo

    Os mindelenses deviam dar costa a este primeiro ministro, por tudo o que ele e o seu governo fez para São Vicente. O Governo em vez de aproveitar as mais valias das ilhas, principalmente São Vicente, Sal e Santo Antão, ao serviço de Cabo Verde, aproveitou para criar infraestruturas para competir com de Barlavento. as vantagens desta região foram quase todas ultrapassadas por Santiago. Vejamos, a Moave, o Silos, o Porto Grande, Porto da Praia, o Aeroporto Amilcar Cabral, Aeroporto Nelson Mandela, Universidade de Turismo na ilha de Santiago, Zonas de turismo em Barlavento, Agricultura de Santo Antão limitado, agricultura da Praia ilimitado, agricultores ricos em Santiago, agricultores pobres em Santo Antão e São Nicolau. Não são os meninos de Assomada que vão brigar para Barlavento, poderão ate apoiar, perante tamanha barbaridade, perante tamanhas injustiças, porque, tenho a certeza que o Cabo-verdiano, têm forte sentido de justiça. Mas se esses governantes, “cínicos”, entenderem que São Vicente irá entrar em decadência, isso vai acontecer sim. A culpa disto tudo, não é o governo, são principalmente os mindelenses, que tem lideres submissos e incapazes de juntar ao seu povo. Deviam escrever os nomes de todos os representantes de São Vicente nas paredes desta cidade, para que o povo não esqueça jamais o rosto daqueles que conduzirão São Vicente à decadência. Sair desta fase, será muito dificil mudar o percurso da historia, ou então, será preciso armas (palavras, manifestações) apontadas para todos os governos, dizendo claramente que “Não serão tolerados mais atrasos ao desenvolvimento do Norte, Não serão tolerados mais políticos sem visão; Não serão tolerados lideres submissos, aliados ao partidos, ao invés de se aliarem aos interesses do Povo da sua região e do equilíbrio social do país. Perdemos quase tudo, e estamos sendo ultrapassados todos os dias pelas outras cidades. o pib per capita (rendimento bruto por pessoa) esta cada vez menor e irá continuar assim. Que geração politica mais vergonhosa que passou por São Vicente. Querem enganar com a projeção do Porto grande, que não vai ter barcos dqui a uns anos e lançamento de areia na laginha, para os desempregados irem relaxar.

  2. Francisco andrade

    Eu pediria ao senhor 1º ministro para parar de fazer ” mais promessas”.. pois o povo já está desacreditado com os políticos. E não custa nada tentar, não é JMN?

  3. Eduardo Oliveira

    Podem estar certos que nada vão ter. JMN é pior que o “Jorge”. Enquanto promete vai tirando e não dàabsolutamente nada. Porque havia de dar se tem de construir cidades administrativas, deportivas, culturais, festivas e não sei que mais… na Praia

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.