Orçamento de Estado pode condicionar a data das eleições legislativa

9/12/2015 07:55 - Modificado em 9/12/2015 07:55
| Comentários fechados em Orçamento de Estado pode condicionar a data das eleições legislativa

votoO Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, recebeu os partidos para os auscultar sobre a possível data da marcação das próximas eleições legislativas. Enquanto alguns partidos sugerem Março ou mesmo Abril ainda para se poderem preparar melhor, outros esperam que possam ocorrer o mais rapidamente possível.

Para Janira Hopffer Almada, Presidente do PAICV, as eleições devem acontecer o mais rapidamente possível, “na primeira data disponível nos termos legais”. E defende a sua posição afirmando que um país como Cabo Verde não se pode dar ao luxo de ficar muito tempo sem um Orçamento do Estado. “É preciso que as eleições aconteçam, que o Governo seja empossado e que possa apresentar o programa e avançar com o orçamento”, defendeu.

Já para o MpD, através do seu Presidente Ulisses Correia e Silva, o partido está preparado “para qualquer data que venha a ser marcada para as eleições e preparado para vencer”. O desejo deste líder partidário é que em todo o processo seja garantida a máxima participação possível dos cabo-verdianos, “tanto no país como na diáspora”.

A UCID adiantou duas datas: 20 de Março e 3 de Abril, “com maior incidência para o mês de Abril”. A primeira preocupação, como faz saber António Monteiro, presidente da UCID, e dada a experiência de 2011 em que muitos não conseguiram votar na diáspora, é que todos possam estar em condição de ir às urnas. A segunda preocupação centra-se com a preparação das eleições por parte do seu partido.

“Darmos algum tempo para podermos mobilizar os recursos financeiros necessários e permitir preparar melhor o partido para ter as condições de apresentar as propostas e, consequentemente, ter um eleitorado mais informado sobre as propostas da UCID”, revela.

O PTS e o PSD também foram ouvidos e aconselharam Março e Abril, respectivamente, ao Presidente da República para a marcação as eleições.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.