Obama diz que ataque na Califórnia foi «ato de terrorismo» e promete «destruir» o EI

7/12/2015 08:57 - Modificado em 7/12/2015 08:57
| Comentários fechados em Obama diz que ataque na Califórnia foi «ato de terrorismo» e promete «destruir» o EI

barackobama6O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse, numa declaração à nação este domingo, que o ataque ocorrido na Califórnia, no qual morreram 14 pessoas, foi «um ato de terrorismo». Ao mesmo tempo, voltou a prometer a destruição do Estado Islâmico.

Segundo o presidente, o americano Syed Farook e sua mulher paquistanesa, Tashfeen Malik, casal que cometeu o ataque, optaram «pelo caminho obscuro da radicalização, abraçando uma interpretação pervertida do Islão, que pede uma guerra contra os Estados Unidos e contra o Ocidente», ao mesmo tempo que falou sobre medidas a tomar para evitar este tipo de ataques. Mas sublinhou que não há provas de uma grande organização tenha estado por trás da organização desta ação.

Para ajudar a conter estas ameaça, o presidente sugeriu a implementação de controlos de fronteira, mas mais importante, pediu a adoção de um controlo de armas mais rígido, voltando a apelar ao Congresso: «O Congresso deveria agir para fazer permitir que uma pessoa que não foi autorizada a andar um avião possa comprar uma arma. Porquê permitir que um suspeito de terrorismo compre uma arma semiautomática? Isto é uma questão de Segurança Nacional», frisou.

Destruir o Estado Islâmico

Passando à política internacional, Obama voltou a comentar a luta contra o Estado Islâmico, que representa «uma fração ínfima de mais de mil milhões de muçulmanos em todo o mundo».

«A ameaça do terrorismo é real, mas vamos superá-la. Vamos destruir o EI e qualquer outra organização que tente prejudicar-nos. O Nosso Exército vai continuar a caçar terroristas em qualquer país onde seja necessário», completou, sublinhando que não haverá tropas no tereno.

«Não deveremos ser arrastados mais uma vez para uma longa e custosa guerra no terreno no Iraque ou na Síria. É isso que grupos como o EI querem. Os ataques aéreos estão a destruir alvos», defendeu.

abola.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.