Venezuela: Oposição celebra vitória após 17 anos de ´chavismo´

7/12/2015 08:50 - Modificado em 7/12/2015 08:50
| Comentários fechados em Venezuela: Oposição celebra vitória após 17 anos de ´chavismo´

JesusTorrealbaA Mesa da Unidade Democrática (MUD), coligação de toda a oposição na Venezuela, obteve 99 lugares no parlamento contra 46 do Partido Socialista, do Presidente Nicolás Maduro, que reconheceu a derrota nas eleições legislativas deste domingo, pondo assim fim a 17 anos de chavismo.

Com 96,03% das urnas apuradas na Venezuela, a oposição tinha apenas uma maioria simples quando a presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela, Tibisay Lucena, anunciou estes resultados, mas ainda assim suficientes para controlar a Assembleia Nacional.

Ainda há 22 lugares a definir e a oposição precisa de mais uma vaga para obter 3/5 do parlamento e poder fazer alterações constitucionais. Estes 22 lugares vão definir o grau de poder dos vencedores.

«Começou a mudança Venezuela, temos razões para comemorar, o país pedia uma mudança, essa mudança começou hoje», disse o secretário-executivo da MUD, Jesús Torrealba, após o anúncio do Conselho Nacional Eleitoral, mas que o MUD já tinha anunciado mais cedo.

O presidente Nicolas Maduro aceitou a derrota eleitoral: «Olhando para estes resultados adversos, temos de os aceitar e dizer que ganhou a Constituição e a democracia.Jogámos limpo.»

O resultado deste domingo é visto como a rejeição de um governo que é responsabilizado pela degradação das condições de vida. Hugo Chávez esteve no poder entre 1999 e 2013, tendo-lhe sucedido Nicolas Maduro.

 

abola.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.