PR vai marcar data das eleições: legislativas entre 14 de Fevereiro e 10 de Abril

30/11/2015 07:57 - Modificado em 30/11/2015 13:00

eleiçõesJorge Carlos Fonseca vai ouvir, no próximo dia 08 de Dezembro, o Conselho da República e os representantes dos partidos com vista à marcação das eleições legislativas de 2016, assegura a Lusa. A reunião do Conselho da República decorrerá na tarde do dia 08 de Dezembro e o Presidente ouvirá, durante a manhã, sobre o mesmo assunto, os partidos políticos inscritos no Tribunal Constitucional. Depois, deverá anunciar as datas das eleições que vão acontecer no próximo ano. Tudo indica que as legislativas, que abrem o ciclo eleitoral, deverão acontecer entre 14 de Fevereiro e 10 de Abril e as presidenciais em Outubro.

Inicialmente, o Chefe de Estado Cabo-verdiano tinha anunciado 07 de Dezembro como a data provável para a reunião do Conselho da República, órgão que integra os Presidentes da Assembleia Nacional, do Tribunal Constitucional e do Conselho Económico Social e Ambiental, o Primeiro-ministro, o Provedor de Justiça, os anteriores Presidentes da República e cinco cidadãos escolhidos pelo Chefe de Estado, tendo em conta “as sensibilidades políticas com expressão parlamentar” e um em representação das comunidades cabo-verdianas no exterior.

  1. Virulento

    Data ideal seria 13 de Março de 2016 para eleição Legislativa.

  2. Um carnaval de disparates e perdas de tempo e exibição de protagonismo e uso das datas das eleições como chantagem política e arma de arremesso da Presidência da República. A maior democracia do mundo os EUA as eleições são no dia 7 de Dezembro e ponto final. Nesse dia, no país de 300 milhões de eleitores, todo o mundo sabe da data das eleições. Aqui nestas ilhas de 250 mil eleitores, cada 5 anos é esse carnaval de vai não vai, marca não marca, mais um dia, menos um dia, mais um domingo menos um domingo, os gatos e os ratos políticos ficam jogando com o povo desviando-lhe a sua atenção para esse baile de fantoches para que possam ir fechando os seus negócios, colocando os seus filhos, filhotes e lambedores nos melhores lugares da função pública, das empresas, enquanto ficam lançando contas de somar e subtrair para ver quem acerta ou não acerta. Palhaçada. Vamos acabar com isso e marcar a data das eleições Presidenciais e Legislativas para o mesmo dia como nos EUA e no mês de Novembro de cada ano para que no dia 1 de Janeiro todo mundo se apresente no trabalho e comece a trabalhar. A mesma coisa para as Câmaras, 15 dias antes ou depois e assim gasta-se menos dinheiro nas pré-campanhas e campanhas eleitorais e o carnaval político passa mais rápido.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.