José Maria Neves toma posse como novo Ministro das Infra-estruturas e Economia Marítima

27/11/2015 07:52 - Modificado em 27/11/2015 07:52

jmnA menos de seis meses das eleições, José Maria Neves toma posse como novo Ministro das Infra-estruturas e Economia Marítima, sucedendo, desta forma, à Ministra demissionária Sara Lopes e Maria de Jesus Miranda toma posse como Ministra-adjunta do Ministro das Infra-estruturas e Economia Marítima.

Em declarações à RCV, o Primeiro-ministro José Maria Neves, que agora contabiliza cinco pastas, reafirmou que a saída da Ministra Sara Lopes do Governo está relacionada com motivos pessoais. “A Ministra Sara Lopes já vinha pedindo há mais de um ano para sair do Governo e fui insistindo, mas agora, ela colocou a questão de forma mais definitiva, por isso, aceitei e fizemos esse pequeno reajuste governamental”, esclareceu o Chefe do Governo.

Quanto à pasta assumida por ele e pela ex-secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros, Maria de Jesus Miranda, José Maria Neves afirmou que o Governo trabalha em equipa e que conseguirá “dar conta” de diferentes dossiês que estão pendentes no Ministério das Infra-estruturas e Economia Marítima.

A seis meses do término da sua legislatura, José Maria Neves diz que esse tempo é suficiente para apresentar muita coisa em termos de resultados. “É muito tempo em termos de Governo e temos de estar habituados a trabalhar até ao fim da legislatura porque há muitos projectos que vão continuar até 2018, 2020 e possivelmente 2021”, relembrando o Aeroporto da Praia que está em obras e que daqui a dois anos estará plenamente concluído, assim como outras obras em curso”.

Entretanto, José Maria Neves garantiu que até ao final da legislatura haverá novas obras, tendo em conta que “existem programas de reformas em curso e em diferentes sectores”, designadamente no sector dos transportes e esses meses que faltam “são suficientes” para se conseguir, ainda, apresentar “muita coisa em termos de resultados”.

Por seu lado, Maria de Jesus Miranda, que irá coadjuvar o Primeiro-ministro, garante que as suas expectativas consistem em não poupar esforços para coadjuvar o Ministro no sentido de dar o “meu contributo no limite das minhas capacidades, para continuar a realizar esta agenda importante da governação no Ministério onde se geram grandes áreas da nossa agenda e da estratégia da transformação de Cabo Verde”.

  1. roxana a fofa

    Tenha DECENCIA e CONVOQUE a CPI ABORTADA por TODA A BANCADA PARLAMENTAR do PAICV !!!!!! q tentou celar o “baul” do DERRAPAJE com FALTA de QUORUM ” . Inocencio reclamou contra vento e DETRATORES a POSSIVILIDADE a ser CANDIDATO nas Presidencias 2011 e foi pa’ frente a pessar de FRACTURAR o PAICV , mais para ESCRUTINAR seu “desempho ” como Ministro das EI ele… Psss onde se metio o gajo ? Camaradas onde esta o segondo do PAICV ?
    Por favor onde ESTA o TIPO MAIS REIJEITADO de CV ? Sim ,esse o ARROGANE de Inocencio ?? … JM o homi esta perto di bo !!!!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.