João Gomes: “Extinção da Direcção Regional da Economia Norte é uma péssima decisão do Governo”

26/11/2015 07:35 - Modificado em 26/11/2015 07:35

joao gomesA Comissão Política Concelhia do MPD mostra-se consternada com a extinção da Direcção Regional da Economia Norte, DREN, com sede em São Vicente. Em reacção a essa extinção, o partido da oposição considera estranha a medida que, no entender do Presidente da Comissão Política do partido na ilha, João Gomes, é estranha e só traz prejuízos.

A recente medida tomada pelo Governo é, no entender do partido ventoinha, “contorcida, pois recentemente foi publicado um decreto-lei 62/2015 em que através de uma nova orgânica do Ministério do Turismo, Comércio e Indústria, o Governo extingue a DREN, que tinha competências sobre as ilhas do Norte”.

Estranho é a medida ter sido tomada a menos de seis meses das eleições e é uma medida que não foi divulgada, considera João Gomes, para quem a medida prejudica não só o público, como os próprios funcionários e “estes estão preocupados, porque não sabem o que lhes pode acontecer. Sabe-se lá se não vão engrossar ainda mais o número de desempregados que existem na região”.

A medida também é prejudicial para o público, porque o “tal serviço de Front Office, com competência limitada, que conforme a lei prevê que irá substituir a Direcção Regional, ainda não existe e isso é gravíssimo porque, habitualmente, as pessoas que iam à DREN tratar de assuntos ligados com a indústria, comércio e turismo vêem-se na iminência de não serem atendidas”.

Enquanto isso, todas as decisões que eram tomadas a nível local e regional terão de ser tomadas a nível do poder central. “Isso para nós é um retrocesso”, o que leva a uma maior centralização e não vai de acordo com as aspirações do partido para uma melhor descentralização”.

É o caso de dizer que a população de São Vicente, sobre matérias relacionadas com o comércio, turismo e indústria, os sectores de actividade que mais emprego criam na ilha, passam a estar mais dependentes da capital do que antes, com todos os constrangimentos que isso possa trazer para a economia da região Norte.

Para o líder do partido em São Vicente, esta medida não vem ao acaso e faz parte de uma política que o Governo, sustentado pelo PAICV, tem aplicado nas ilhas. E não terá sido por acaso que o Presidente do Partido assumiu que o Governo não tem dado a devida atenção a São Vicente e, por isso mesmo, não está em condições de perceber que essa medida, entre muitas outras, não é a medida que a população de São Vicente pretende, conforme explica e afirma que a população de São Vicente aspira por medidas que visem o desenvolvimento da ilha dentro do contexto a nível nacional e não medidas avulsas que não levam a lado nenhum.

“A Senhora Ministra vai ficar na história de Cabo Verde como Ministra do Desemprego, porque está no Governo há oito anos e não conseguiu contornar a situação”. E, a poucos meses das eleições, confessa e pede desculpas pela falta de desatenção para com São Vicente, o que é um medida eleitoralista, mais nada”, concluiu.

O partido da oposição sustenta a sua aposta na regionalização e garante que São Vicente está apostado numa mudança de políticas do governo.

  1. Carlos Silva - Ralão

    Sai governo de MPD, entra governo do PAICV, e o povo da ilha de S. Vicente continua aguardando pelo salto tão esperado… Onde estão todos os deputados de S. Vicente (PAICV, MPD, UCID), deputados estes que receberam a confiança deste povo nas eleições? Não interessa de que partido são, interessa ao povo é que estes deputados defendam os interesses de S. Vicente e não os seus interesses e partidários, é por isso que eu assumi no meu perfil do facebook que jamais votarei enquanto não houver uma mudança na forma de fazer politica em Cabo Verde.

  2. john Doe

    um cria era sabe o porquê d nos televisão nacional ca tava ta da na hora d noticiário!!?? conincidência ou não, muitos não viram a notícia e não sei se vão ter a possibilidade de a ver. Foi possível, no entanto assistir a telenovela!!!
    ess ê nos CV

  3. Julio Goto

    …os deputados de Sao Vicente andam a DRIVA caquerejando que o PAICV tem uma visao para Sao Vicente, a Janira ha bem pouco tempo teve a coaragem de reganhar os dentes para falar de uma NOVA VISAO para a ilha do Monte Cara.
    Meus senhores ! Excepto o Monteiro os deputados oriundos de outras BANDAS tem uma perfeita cegueira pa Nos Soncent.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.