Rui Águas considera “incómoda” a viagem para o Quénia

12/11/2015 08:33 - Modificado em 12/11/2015 08:33
| Comentários fechados em Rui Águas considera “incómoda” a viagem para o Quénia

ruiaguas1O seleccionador nacional espera num resultado positivo frente ao Quénia, apesar das viagens fatigantes.
A caravana da selecção nacional chegou ontem à noite a Nairobi e a selecção treina esta quarta-feira. Um treino de adaptação para a equipa nacional que quer vencer e chegar à fase de qualificação para o Mundial 2018.

Cinco dos convocados inicialmente por Rui Águas ficaram de fora devido à fadiga e serão substituídos. São eles Babanco devido a lesão, seguido de Stopira (videoton) que também se lesionou, Zé Luís (Spartak Moscovo), Sténio (Cherno More) e o guarda-redes Ken. Serão substituídos por Ivan Cruz (Gil Vicente), Tiago Almeida (Desportivo Chaves), Tany Varela (Al-Jahra) e Ricardo Gomes (Vitória de Guimarães). Leleco substitui Babanco.

Este rol de substituições é preocupante para o treinador dos “Tubarões Azuis”, inclusive por ser “uma eliminatória difícil. O primeiro jogo fora e agora é gerir a situação com colegas também valorosos e que têm capacidade para mostrar o seu valor”, assegura Rui Águas que quer uma equipa com ambição, a jogar fora e que consiga “uma vitória e no segundo jogo a contar com o apoio dos adeptos da casa”, consiga o que pretendem.

Joga ao meio dia no território nacional, 14 horas no Quénia.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.