Direcção Geral do Desporto pretende nacionalizar jovens talentos da diáspora

6/11/2015 08:15 - Modificado em 6/11/2015 08:15
| Comentários fechados em Direcção Geral do Desporto pretende nacionalizar jovens talentos da diáspora

gerson meloA Direcção Geral do Desporto faz, no próximo sábado, no salão da Câmara Municipal da Amadora, Portugal, a apresentação pública do programa “Prospecção e detecção de talentos desportistas na Diáspora”. O acto será presidido pela Ministra da Educação e Desporto, Fernanda Marques.

O Director Geral do Desporto, Gerson Melo, disse à RCV que a DRD pretende fazer uma inventariação exaustiva na diáspora de jovens atletas com potencialidades para representarem o arquipélago nas diversas modalidades.

“Porque se queremos ter planos fiáveis e se queremos certezas das nossas decisões, ainda mais, temos de estar munidos de informações”, esclarece Melo que avança que foi feito um levantamento de dados das infra-estruturas desportivas e, agora, um levantamento dos agentes e dos atletas e “só assim poderemos saber qual é o futuro para o nosso desporto”, explica.

Questionado sobre a escolha da diáspora para o lançamento do programa, Melo avança que primeiro será em Portugal e depois noutros países que albergam comunidades de cabo-verdianos. “Devido ao grande número de cabo-verdianos na diáspora é, por isso, obrigatório fazer esta apresentação para termos outra visão”.

O Programa pretende ainda nacionalizar todos os jovens talentos de origem cabo-verdiana. “Muitos não têm nacionalidade cabo-verdiana e é importante fazer isso. Se queremos realmente convencer, a primeira coisa é dar-lhes a nacionalidade cabo-verdiana e dotá-los de documentação para que possam dizer eu sou cabo-verdiano e representar o País”.

Para que isso aconteça, existe um engajamento “muito grande tanto do Ministério das Relações Exteriores e das Comunidades, bem como da Administração Interna, que irão trabalhar em conjunto para que estes jovens possam ter estes documentos que comprovem a sua nacionalidade cabo-verdiana”.

Com este Programa, irá ser criado um banco de dados onde serão compiladas todas as informações, a evolução e o desempenho dos jovens atletas na diáspora e serão colocados à disposição das federações desportivas cabo-verdianas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.