Cantor Rui Lima prepara Best Of para celebrar vinte anos de carreira

5/11/2015 07:45 - Modificado em 5/11/2015 07:45
| Comentários fechados em Cantor Rui Lima prepara Best Of para celebrar vinte anos de carreira

best ofRui Lima, músico cabo-verdiano natural da ilha de São Vicente, prepara-se para lançar no mercado um Best Of dos seus cinco álbuns. Este novo trabalho surge como comemoração dos vinte anos de estrada no mundo musical.

Em conversa com o NN, o músico conta que pretende regravar uma ou duas faixas dos antigos álbuns embora com novos acordes. “A minha ideia é gravar uma ou duas faixas de cada álbum que o meu povo mais gosta, com novos sons de teclado”, explica o músico que pretende colocar o disco no mercado até finais de 2015 ou Março de 2016, época em que celebra os vinte anos de estrada a solo.

A carreira de Rui Lima, segundo conta, iniciou aos 17 anos como bailarino, tendo fundado o grupo MindelStars, do qual além de bailarino era coreógrafo. Mesmo voltado para a dança, Lima actuava em diferentes lugares da cidade como vocalista de diversos grupos, o que o levou a aventurar-se nalguns dos concursos de vozes “Todo Mundo Canta (TMC)”, chegando a conquistar o segundo lugar em 1987.

Ansiando novos voos, gravar músicas próprias, imigrou para França em 1992. A música que inicialmente ocupava o segundo lugar, tomou a dianteira e depois de três anos em França gravou o primeiro disco, com o grupo “Sanjhera”, intitulado “Mensagem”. Um trabalho composto por oito faixas escritas pelo cantor, segundo o mesmo explica.

Lançada a semente, Rui decidiu seguir sozinho animando algumas comunidades portuguesas e cabo-verdianas pelo mundo. “Durante 10 anos animei comunidades portuguesas, participava em várias festas na comunidade cabo-verdiana espalhada pelo mundo, mas sempre com a preocupação de gravar tudo”.

Questionado sobre o trabalho que mais o marcou nesses vinte anos, Rui afirma sem hesitar que foi “Promessa” lançado em 2007, por ser um álbum que tocou todas as gerações.

O dançarino do MindelStars que já actuou em diversos países da Europa, recorda com emoção a forma como sempre foi recebido nas comunidades cabo-verdianas. “O meu povo sempre me recebeu bem, por onde quer que passasse, com carinho e simpatia”, conta Rui reforçando que olhando para trás os 20 anos passaram rapidamente.

Após vinte anos de estrada, Rui Lima tem um sonho, o de ser um dia convidado para actuar no palco do Festival Internacional de Música “Baía das Gatas”, facto que considera ser o “maior reconhecimento” pelo trabalho que vem desenvolvendo no mundo musical.

Com vinte anos de experiência, o músico bailarino deixa um conselho aos jovens artistas da sua terra natal: “Façam música, independentemente do estilo, pois a qualquer um funciona se for feito com amor e empenho. E, principalmente, acreditem em vocês mesmos, ainda que surjam dificuldades”.

Da discografia de Rui Lima constam “Mantenha”, “Bem ma Mi”, “Promessa”, “Ser Feliz” e “Falam de amor”, além das participações em duetos com artistas como Grace Évora, Marizia do Rosário, Chando Graciosa entre outros artistas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.