Perla Negra: Juiz autoriza arguidos a irem ao HBS devido a…diarreia

5/11/2015 07:40 - Modificado em 5/11/2015 07:40

preso4Tem gerado muita desinformação, ao ponto de se dizer que o arguido Xando Badiu morreu no Banco de Urgências do Hospital Batista de Sousa, o facto do juiz ter autorizado os arguidos José Vilalonga, Carlos Ortega e Ariel a deslocarem-se ao Banco de Urgências para fazerem exames. Mas não corresponde à verdade que os  arguidos sentiram-se mal e foram conduzidos ao hospital.

O que aconteceu é que o juiz decidiu atender ao pedido dos arguidos que alegaram que havia vários dias que se sentiam mal e que tinham pedido no presídio para serem levados ao médico e que isso ainda não tinha acontecido. Carlos Ortega disse ao juiz: “há seis dias que estou com diarreia e fiquei com uma cor amarelada, tenho pedido para ir ao médico, mas tal ainda não aconteceu”. O juiz ouviu o chefe da guarda prisional  que disse que “o arguido foi ao enfermeiro antes de vir para o Tribunal e disse-lhe que se sentisse mal no regresso  seria conduzido ao médico”. O juiz depois de ouvir uns e outros não precisou de recorrer à justiça salomónica e optou pela ironia e decidiu: “Pode levar os três arguidos, não quero que ninguém morra no Tribunal”. E como em Tribunal as ordens do Juiz são para se cumprir, os três arguidos saíram do Tribunal para irem a … uma consulta no HBS. Não tiveram nenhum mal súbito, nem tão pouco um ataque de diarreia que um  simples antidiarreico não resolvesse.

Mas lá foram com uma escolta de dois carros da Polícia de Intervenção, mais o carro do GESP. E tanto aparato assim chamou a atenção dos mindelenses que, na falta de informações, inventaram as histórias mais rocambolescas no estilo de quem conta um conto acrescenta um ponto para justificar a chegada ao Banco de Urgências de uma comitiva pouco usual num hospital.

No Tribunal, a audiência prosseguiu normalmente. Pouco depois, chegou o arguido Vilalonga. Os outros dois saíram do BU por volta das 18. Apesar dos esforços do NN, não conseguimos apurar junto dos serviços do HBS  se a diarreia dos reclusos parou…. Ou não.

  1. Bla bla bla

    Nada de estranho, é criol ne se melhor, bla bla bla

  2. Matijim

    Estou a ver o filme.
    Desta vez foi diarreia. A seguir, uma forte dor de cabeça. À terceira, o ator principal tem um ataque de coração, leva-se o gajo ao Hospital e o preso foge de Cabo Verde.
    Quem quer apostar?

  3. Francisco andrade

    problemas dá “barriga bóxe” minha avó dizia isso. Quer sirva de lição para quem pensa enveredar para o mundo do crime.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.