Deputado Miguel Monteiro: “Cabe ao MP verificar se as minhas denúncias são verdadeiras ou não”

5/11/2015 07:29 - Modificado em 5/11/2015 07:29

Miguel MonteiroO deputado do MpD, Miguel Monteiro, afirma que está tranquilo relativamente a ser levado a Tribunal pelo deputado do PAICV e Presidente do Instituto Nacional da Previdência Social, José Maria Veiga, para provar as ofensas, calúnia e difamações que foram dirigidas a ele e à sua família.

O deputado do MpD, Miguel Monteiro, afirma que está sereno e tranquilo porque fez o seu papel em denunciar as más práticas de utilização de fundos públicos e acrescenta que “o Ministério Público irá verificar se as minhas denúncias são verdadeiras ou não. Estranho que seja ele a denunciar-me por calúnia e difamação, pois não foi ele quem recebeu os 1.500 contos do Fundo do Turismo, mas sim a filha”.

José Maria Veiga, em entrevista ao jornal ‘ASemana’, afirma que “esta é uma forma baixa, covarde e feia de querer, em nome da política, atingir alguém, realçando que nem tudo vale na política. Teve de dar tantas voltas, passando por uma filha minha para poder chegar a mim, o seu verdadeiro alvo”. Por outro lado, o deputado Miguel Monteiro diz que em relação à queixa do deputado do PAICV por ofensa, calúnia e difamação, “trata-se de uma manobra de TEATRO que o PAICV tem e montou para tentar descredibilizar as denúncias feitas pelo colega deputado Filipe Furtado e por mim, e que inclui a queixa do Moisés Borges contra o colega Filipe”.

  1. ai se a moda pega

    o gajo difama e não tem de provar nada. cabe ao tribunal dizer se ele tem ou nao razão .brincadeira, só pode.

  2. CURIOSIDADE

    QUERIA SABER SE É REGALIA DUM DEPUTADO ACUSAR E NÃO TER DE JUSTIFICAR OU SE ESTA PRERROGATIVA É PARA QUALQUER CRISTÃO.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.