Saída de Manuel de Pina gera reboliço nas redes sociais

2/11/2015 08:16 - Modificado em 2/11/2015 08:16
| Comentários fechados em Saída de Manuel de Pina gera reboliço nas redes sociais

manueldepinaO afastamento da política de Manuel de Pina, presidente da Associação Nacional dos Municípios, gera críticas positivas e negativas. Há quem considere que a decisão é a mais adequada, mas outros pensam que seja somente uma estratégia política para chamar atenção.

Em comentários muitos expressam a sua opinião sobre a saída de Manuel de Pina da cena política, alguns parabenizam tal atitude, “parabéns a esse sr. depois o governo tenta convencer professores,PJ e outras classes que o Estado paga o que consegue pagar. O partido no governo está desorientado e esta fazendo de tudo para continuar a governar” diz Francisco Andrade. Outros ainda dizem que estão de boquiabertos com esta atitude na política cabo-verdiana e Nadir Santos diz que “ estou surpreso em saber que ainda existe alguém na política por razões bem nobres.”

“Quem toma uma decisão com todo esse barulho é porque se encontra frustrado, furioso consigo próprio. Será que por não ter conseguido nada contra o ministro?” pergunta Euclides Silva. Alguns consideram que seja um mero teatro na aérea da política e acusam Manuel de Pina de busca de notoriedade, “teatro para ganhar mais notoriedade, não acredito nos políticos” diz José Fortes que mostra estar descrente na política cabo-verdiana. Mas há mais descrentes que pensam que a saída de Manuel de Pina é só o recomeço da reciclagem política e afirma Suaris “foi tarde. Nenhuma mais-valia para o País. Reciclagem dos políticos. Mais deviam seguir o exemplo.”

O facto de ser um ano de pré-campanha há quem veja os últimos acontecimentos na esfera política sempre com segundas intenções e apela a sociedade muita paciência e discernimento porque acusações a PAICV e a MPD não vão faltar e em conclusão Livramento refere que “nessa pré-campanha é só paranóia. Precisam urgente de psicólogos.”

Contudo na política nem tudo agrada gregos a troianos, visto que há sempre quem puxe a brasa pela cor do seu partido, assim todos que parabenizam e os que criticam a posição de Manuel de Pina são interpretadas de acordo com as respectivas razões políticas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.