Idosa de 85 anos vive isolada numa cabana em condições indignas

30/10/2015 07:35 - Modificado em 30/10/2015 07:35

Idosa carenciadaCom 85 anos de idade, Rosa Ambrozinda vive isolada na zona de Dragoeiro, Paul, Santo Antão. A mulher que mora numa cabana em condições desumanas sensibilizou muitas pessoas que quiseram aderir à campanha de solidariedade que decorre no facebook.

Esta é apenas mais uma das inúmeras pessoas idosas que vivem em condições precárias e desumanas e que, apesar das denúncias, continuam a viver momentos difíceis. Caso para questionar as autoridades competentes e a sociedade ou será que não existe solução para estas pessoas que um dia contribuíram para o desenvolvimento deste país? Será que não merecem a atenção da sociedade? Onde estão os familiares?

No Conselho do Paul vive-se uma realidade sombria. No meio do vale, numa humilde cabana isolada feita de colmo e pedra, vive uma idosa sem condições mínimas. O cenário é visto diariamente por quem por acaso ali passa. A denúncia foi feita na rede social facebook, originando uma causa que resultou numa Campanha de Solidariedade para com a idosa que “… sobrevive em situação muito precária… além de estar praticamente isolada, precisa de lençóis, dobradiças e fechadura para a porta, melhoria na cobertura da sua cabana de colmo e pedra… para além de bens alimentares…”

condiçoes precariasRosa Ambrozinda, de 85 anos, reside em Dragoeiro, Eito, Santo Antão, numa residência sem quaisquer condições habitacionais. A mulher que certamente um dia trabalhou e deu o seu contributo para o País, vive agora isolada numa cabana construída de colmo e pedra.

Apesar do isolamento e das péssimas condições, a idosa vive na companhia do cunhado que pouco ou nada consegue fazer devido a um acidente que teve num pé. Sem qualquer apoio, Rosa precisa urgentemente de solidariedade por parte da sociedade.

Este online tem denunciado estes casos de abandono e isolamento mas nada tem sido feito para pôr cobro à realidade vivida pelos idosos um pouco por todo o País.

  1. Eduardo Oliveira

    … e o José Maria foi a Santo Antão prometer aeroporto intenacional? Para quê e para quem? Os turistas querem o turismo rural mas zona ruram com coisas dessas… obrigado.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.