JMN não se pronuncia sobre detidos em Angola: “é uma questão interna”

27/10/2015 08:03 - Modificado em 27/10/2015 08:03

JMNevesO primeiro-ministro disse que as decisões que o poder em Angola tomar em relação aos ativistas detidos não afectará as relações entre os dois países.

 

“As relações são entre Estados, são normais, boas e, portando, não ficarão beliscadas por causa de decisões de órgão de soberania de Angola”, garantiu José Maria Neves à agência Lusa à margem do debate sobre a situação da justiça que arrancou hoje no Parlamento cabo-verdiano. Para JMN o problema dos activistas que reclamam  por democracia e direitos humanos , estando um deles a beira da morte é uma questão interna ,por isso escusou-se a comentará o assunto.

“Tratando-se de uma questão interna de outro país, enquanto Governo não nos cabe pronunciar sobre esta matéria que se refere à justiça e à governação de um outro país”. Em relação as personalidade cabo-verdianas  que enviaram uma carta ao presidente angolano a libertação imediata dos activistas detidos desde junho em Angola, acusados de conspirar para destituir o regime, José Maria Neves disse que são livres de expressarem a sua opinião relativamente a esta e outras matérias.

Os 15 ativistas, entre os quais o luso-angolano Luaty Beirão, em greve de fome há 36 dias, foram detidos a 20 de junho durante uma reunião semanal e acusados de crime de rebelião e de estarem a preparar um atentado contra o Presidente de Angola.

A prisão preventiva dos 15 ativistas ultrapassou já os prazos previstos na legislação angolana e é por essa razão que Luaty Beirão iniciou a greve de fome.

  1. JMN não podia comentar,com certeza porque vocês são farinha do mesmo do mesmo saco e adoravam fazer o mesmo com foi no tempo que já lá vão que deram choque eléctricos e muito mais.Aquele assassino em nome do presidente deve ser julgado pelo tribunal internacional. E esse vosso partido tem de explicar o motivo que a Drª Rosário da Luz foi retirada dessa vossa televisão porque ela fez belíssimos esclarecimento sobre o pais. Mas cuidado que nada venha acontecer contra ela: adoravam fazer o mesmo estamos atentos. Que tristeza uma pessoa que vem as antenas da TV falar da democracia.

  2. Ministro do medo

    A posição do nosso Primeiro-ministro não me surpreende em nada e nem a ninguém. Na verdade, os políticos caboverdeanos (PAICV + MPD + UCID) nunca tem uma opinião clara sobre qualquer assunto que pode ferir susceptibilidades, e muito menos com Angola que é visto como um poço de dinheiro disponível. Ouvir o nosso PM a dizer que os direitos humanos é uma “questão interna”, é assumir claramente que é um interesseiro, um déspota. Sr PM, quero apenas lhe relembrar que há dias, na sequência das decisões levianas levadas a cabo pelo Presidente da República da Guiné-Bissau, o Senhor teve uma posição muito clara sobre a actuação do referido Presidente. Mas como da Guiné não vem nenhum dinheiro, então não faz mal falar sobre as “questões internas”. A mesma coisa aconteceu com a Líbia do Kadhafi… inicialmente o Sr não tinha uma posição clara sobre o assunto, por se tratar de uma questão interna (lê-se, na altura havia boas possibilidades de a Líbia abrir um banco de financiamento em CV e bem como de fazer outros investimentos), mas bastou a comunidade internacional o derrotar para que a questão interna passasse a ser internacional e o Sr. passar a ter ma posição muito clara. Aposto eu que no dia em que o José Eduardo dos Santos cair do poder e a democracia se instalar no país, o Senhor dará vivas a democracia e ao respeito pelos direitos humanos, e abaixo ao nepotismo. Vocês políticos são todos uns vendidos…..é tudo farinha do mesmo saco.

  3. Djindja

    É claro que Djô Bibia não vai mexer com o colega e tutor José Eduardo dos Santos, o paicv perdia o grande financiador de campanha. E mais são dois partidos irmãos “man ca ta ofendê man”!

  4. Francisco andrade

    os políticos tem medo de perder a ajuda de Angola.

  5. dodo

    El ka dod pa papia fala de Angola : farinha de mesmo saco

  6. carlos

    Angola , angola o que pov sabe , ze maria bai tra pul na zinza

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.