Lista do PAICV em São Vicente: a não entrada de um independente abre a porta a Hermes

26/10/2015 07:28 - Modificado em 26/10/2015 07:28

Janira PAICVA lista do PAICV para as eleições legislativas ainda não está fechada em São Vicente. Ou melhor dizendo: permanece o impasse entre a decisão da Comissão Política Nacional e a da Comissão Política Regional (CPR). Ou seja, uns “assobiam para o lado” no estilo não há mais nada a fazer e outros mantêm a pressão acreditando que “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”. Só que será muito difícil que a direcção do PAICV recue e faça entrar Alcides Graça e Hermes na lista como pretende a CPR.

Para além das clivagens e dos anticorpos existe entre o Vice-presidente e cabeça de lista Manuel Inocêncio e João do Carmo de um lado e Alcides, Hermes e Filomena Martins do outro, pesa o facto de já ter sido tomada a decisão que os dois primeiros lugares são do Vice-presidente e do Secretário-geral. E para a Presidente, parece estar fora de questão mexer nos dois. Seria mexer num vespeiro pior do que o que lhe foi montado pela CPR. Esta tarefa ficou simplificada pelo facto, segundo apurámos, de Filomena Martins “em nome dos interesses do partido” ter deixado cair a pretensão de ser a número dois da lista em detrimento de João do Carmo. Assim, fica em aberto a corrida para o quarto lugar que, de acordo com as sondagens conhecidas, será o último lugar elegível para o PAICV em 2016 e a decisão saída da CPN indicava que esse lugar deveria ser preenchido por um independente.

Todavia, este online sabe que o PAICV ainda não conseguiu esse independente e terá deixado cair essa ideia e vai preencher o lugar com um militante. Neste contexto ou “a porca torce o rabo” ou é uma saída que pode agradar a quase todos. Isto porque a entrar um militante faz sentido que seja Alcides Graça ou Hermes cujos nomes foram chumbados pela CPN. Mas, tudo indica que para esta nova corrida, Hermes está mais bem posicionado para ocupar o lugar. No entender de alguns militantes próximos de Inocêncio, “seria um mal menor”. Quanto a Graça, consideram que antes vale não estar na lista “do que surgir em quarto lugar porque não se conseguiu um independente. Mas, o certo é que esses militantes acham que “este assunto deve ser fechado o quanto antes” e lembram o que aconteceu quando João do Carmo afastado da direcção regional, recusou o apoio no terreno à candidata à CMSV Filomena Martins. Por isso, querem tempo para “sarar as feridas”.

  1. PAicevista atento

    Só queria dar um conselho aos meus companheiros de luta!!! Por favor, não incluem o professor Nilton na Lista, O partido sairia a perder pela reputação que este goza junto dos Sanvicentinos.

    Por favor…as pessoas de Mindelo já não votem mais pela cor da camisola( felizmente) as pessoas são o que mais interessa

  2. Manuel M. Fernandes

    Correndo o risco do meu comentário não ser publucado, como foi o do Fundo de Ambiente há uma semana, fá-lo na mesma. Daqui há 2 meses faz UM Ano que a JHA ganhou as eleições internas. No verão iniciou o processo de formação das listas e, estamos em Outono, pelos vistos só fechou a do Fogo.Não me refiro aos circulos de 2 deputados. Inverteu a sua estrátegia de ostracismo de militantes não afectos, quando recebeu a sondagem que lh’a deixou em pánico, aceitando o Júlio Correia aposta do Filú e, agora, o Graça que foi colocado à parte e que há muito tempo não é tido nem achado em SV pelo M. Inocêncio e pela JHA. O Ano político foi uma ação de marketing, para passar a ideia que reina UNIÃO interna. Mas a situação social e económica do País que agrava-se todos os dias e a tarefa torna-se dificil. Há um sentimento, já enraizado na Sociedade, que a MUDANÇA precisa-se.

  3. José Mourinho

    Cuidado com um senhor chamado Nilton na lista do PAICV, vai sair panfleto nas vésperas da eleição outra vez, um indivíduo perigoso, sujo, mesquinho, maquiavélico, que critica pelas costas e acena sim senhor em presença, capaz de chamar desonesto aos outros, sendo um dos maiores desonestos desta praça, achar que há injustiças no país, e passar um ano letivo inteiro recebendo dois vencimentos (50 contos como professor e 100 contos como “Engenheiro da NOSI”, quem sabe se este ano ele não continua nessa “mamadeira”. Agora ele anda a criticar o Tcheps pelas costas e nos jornais on line, quando o próprio Tcheps o carregou nas costas – bem feito, quem mandou criar a cobra???

  4. roxana aguilera

    Se em SV se hicieran eleiçoes Primarias a lista estaria minimo invertida , com toda seguridad Inocencio ficaba fora como nas Presidencias 2011 !! foi a primeira e unica vez q foi a eleiçoes sosinho , Todos este anos sempre foi parte do pacote di boleia e ate levado ao colo . o q se conhece como “lider” NOMEADO , q grandi honrra ser eleito pelo o voto direto e segredo em primera pessoa . Demostren q os cambios politicos chegarom e TODOS em SV vaiam a ELEIÇOES PRIMARIAS x sufragio universal ,sean VALIENTES e DEMOCRATICOS ,o resto e’ OPORTUNISMO

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.