Líder da al-Qaeda morto na Síria

19/10/2015 08:23 - Modificado em 19/10/2015 08:23

siriaO líder mais graduado do grupo Khorasan, de operacionais veteranos da al-Qaeda, Mohsen Adballah Ibrahim al Charekh, foi morto num ataque aéreo, anunciou o Pentágono.

O ataque de 15 de outubro matou Charekh, também conhecido como Sanafi al-Nasr, no noroeste da Síria, indica um comunicado.

“Esta operação representa um golpe significativo nos planos do grupo Khorasan para atacar os Estados Unidos e os nossos aliados, e prova novamente que aqueles que nos querem prejudicar não estão fora do nosso alcance”, disse o Pentágono.

O comunicado referiu-se a Al-Nasr como “um jiadista de longa data e experiente na transferência de dinheiro e combatentes para a al-Qaeda”.

Segundo o Pentágono, Al-Nasr transferiu fundos de doadores da região do Golfo para o Iraque e depois para líderes da al-Qaeda do Paquistão para a Síria. Organizou rotas para os novos recrutas viajarem do Paquistão para a Síria através da Turquia, e assistiu operações da al-Qaeda no Ocidente.

Al-Nasr é um quinto líder do grupo Khorasan a ser morto nos últimos quatro meses.

 

jn.pt

  1. roxana aguilera

    Matando hombres no se mata la mentalidad , pero esos tipos nao sao HOMI ,assim q MUERTO o cão ,acabo-se a Raiva !!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.