Anaisa Pires: a futura assistente social que sonha ser modelo internacional

16/10/2015 08:06 - Modificado em 16/10/2015 08:06

Anaisa Pires, 21 anos, diz que desde sempre foi apaixonada pela moda e o sonho de ser modelo internacional está ainda para ser realizado. A modelo acredita que ainda tem uma longa passarela pela frente para desfilar, assim como muitas câmaras fotográficas para enfrentar, visto que assume que ainda tem muito para aprender.

Anaisa, natural da ilha do Monte Cara, conta que um amigo ajudou-a a dar o primeiro passo no mundo da moda e explica que “ele sabia da minha paixão e resolveu apresentar-me ao fotógrafo Nenass, com quem fiz as minhas primeiras fotografias para o estilista Victor Vaz”. Desde então, o interesse pela moda só aumentou e passou a gostar mais porque conseguiu realizar um trabalho na área. A porta abriu-se e depois fez o primeiro desfile de moda para uma boutique e algumas faixas em concursos de beleza já foram ganhas pela Anaisa. A mesma diz que concorreu para Miss São Vicente 2014, porém, não ganhou nenhum título mas revela que aprendeu muito e não trouxe uma faixa para casa, mas trouxe muita experiência. O primeiro título que arrebatou foi Miss Ponta de Pon aos 14 anos e acrescenta que tem muito orgulho em ter começado com esta coroa. Na Miss Inter-universidades, a futura modelo arrebatou o júri com o sorriso e ganhou o título de Miss Fotogenia e Intelectual, por último, participou no concurso Miss Turismo 2015 e arrebatou a faixa de primeira-dama. Destas participações, Anaisa acredita que “têm muito valor para mim, porque estou num aprendizado e espero que me ajudem a voar para as passarelas nacionais e internacionais”. Relembra que aprendeu muito com o estilista John Cruz e que este é uma referência para o seu trabalho como modelo.

Anaisa é bibliotecária na universidade onde é estudante do Curso de Serviço Social, ou seja, é trabalhadora/estudante e aspirante a modelo internacional que corre atrás do sonho não só pela fama, mas também pretende levar o nome de Cabo Verde juntamente com ela. A modelo diz que “irei conciliar os meus dois trabalhos no futuro, serei modelo e assistente social, visto que gostaria de ajudar as pessoas promovendo a auto-ajuda e o auto-sustento dentro da sociedade”.

Anaisa agradece os familiares que sempre a apoiaram e evidencia que a mãe nunca a deixou desistir e sempre acreditou nela. Ainda aconselha as jovens a não desistirem dos seus sonhos e que sejam persistentes para que esses se realizem e adianta que ainda está a correr atrás dos seus sem medo do mundo.

Anaisa

  1. Carlos

    Menina estuda bu dexa disparate, bo uma baixinha bu kre ser modelo internacional… vai te katar

  2. F. Oliveira

    Oh Carlos deixa a menina sonhar e trabalhar para realiza-los. Como dizemos mais velhos, “Tamanho ká é document”. O importante é ter talento e estar preparada para enfrentar os desafios e trabalhar, trabalhar, trabalhar … Quanto aos estudos deve fazé–
    los até o fim dos seus dias.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.