Adolescentes suspeitos de assaltarem o Consulado Português

14/10/2015 08:36 - Modificado em 14/10/2015 08:36

PegadasAs autoridades policiais suspeitam que tenham sido adolescentes, referenciados como “meninos de rua”, os autores do assalto ocorrido no Consulado Português no passado domingo, dia 11. Isto devido às pisadas e marcas deixadas no local. Sabe-se que no fim-de-semana, também o Café Perla Negra foi assaltado, tendo os autores levado um computador.

A Polícia Judiciária e a Polícia Nacional continuam no encalce dos autores do assalto ocorrido no Consulado Português em São Vicente. Embora ainda não tenham identificado o assaltante ou assaltantes, há indícios sobre os presumíveis autores do crime.

De acordo com as investigações da PJ, as suspeitas recaem sobre adolescentes, uma vez que as marcas deixadas no local são sinais de pisadas com dimensão de adolescentes.

Os assaltantes conseguiram entrar no Consulado Português tendo levado uma quantia em dinheiro ainda por apurar e um computador contendo todas as informações dos utentes. Caso o computador não vier a ser encontrado, os utentes poderão ser prejudicados.

Para Rosária Vasconcelos, a maior preocupação no momento é o equipamento subtraído com todos os ficheiros de todo o serviço realizado pelo Consulado.

Ao NN, a Cônsul Rosária Vasconcelos avança que “é possível que os assaltantes tenham planeado o assalto, pois tiveram acesso ao Consulado através de uma janela mais alta que, para ser escalada, é necessária a ajuda de um cabo comprido e articulado. A parte traseira do edifício também é bastante alta, o que dificulta o acesso ao local.
A Cônsul acredita que para assaltar o prédio foi preciso astúcia. Apesar disso, a parte traseira é vigiada por seguranças. Resta apurar porque não se aperceberam do assalto.

Sabe-se que na mesma sequência e no mesmo fim-de-semana, o Café Perla Negra, na Praça Nova, também foi assaltado tendo os assaltantes levado um computador.

  1. Malaguitinha

    “a maior preocupação no momento é o equipamento subtraído com todos os ficheiros de todo o serviço realizado pelo Consulado”
    Será que esta afirmação indicia que o Consulado não tem uma cópia de segurança dos dados que utiliza? Seria demasiado grave para ser verdade.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.