Poluição sonora no Mindelo: cidadãos ameaçam avançar acções judiciais

13/08/2012 01:46 - Modificado em 13/08/2012 01:46

Há mais de cinco anos que o Movimento Contra o Barulho na Cidade do Mindelo tenta afazer ouvir a sua voz. Já andou de Seca a meca. Os membros estão cansados de ter o silêncio como resposta e prometem avançar com acções junto do Tribunal .

 

Há cinco anos que um grupo de cidadãos, na ilha de São Vicente, alertou as autoridades para os problemas decorrentes da poluição sonora que afecta a ilha. É que em 2007 entregaram um abaixo-assinado com duas mil e trinta assinaturas, da qual indicaram as fontes de ruído na cidade do Mindelo que perturbava o dia-a-dia desses mindelenses. Mas a verdade é que as autoridades meteram o protesto na gaveta, enquanto as as pessoas viram os níveis de poluição sonora aumentarem de ano para ano.

 

Volvidos cinco anos, o movimento contra o barulho na cidade do Mindelo faz ouvir a sua voz, porque diz que se está a viver numa situação calamitosa. E a primeira acção de luta foi entregar uma carta de protesto ao Comando da Polícia Nacional a pedir a sua intervenção. Neste sentido dizem que não pretendem obstruir vias e gritar nas ruas para fazer valer o sossego nas áreas residências. Pelo que estão a fazer marchas silenciosas até as instituições responsáveis pelo cumprimento do Código de Postura Municipal para entregar-lhes um protesto contra os ruídos que perturbam os seus direitos, como munícipes.

 

Antónia Mosso, um dos membros do movimento, afirma que “somos a favor do silêncio, de modo que não fazemos marchas de protesto pelas ruas da cidade. Porém pretendemos chamar a atenção da CMSV e PN pelo barulho excessivo em diversas zonas da ilha que perturba o descanso de muitas pessoas. Queremos mostrar que a ilha de São Vicente não vive só de festas, ou seja que há cidadãos que trabalham diariamente e que merecem o seu sossego nas horas vagas”.

 

Luta

 

Para os manifestantes, a saúde pública aliada a defesa do meio ambiente têm que ser colocadas à frente de qualquer evento que visa propagar a poluição sonora, na cidade do Mindelo. Pelo que revelam algumas das fontes de poluição que tem afectado os cidadãos “as principais fontes são as festas e espectáculos ao ar livre com elevado nível de propagação sonora e que funcionam por vezes até as cinco horas da manhã em zonas residenciais. Mas, também temos os veículos motorizados com escape livre, as viaturas particulares com música alta e os carros difusores de publicidade”.

 

Nestas circunstâncias, António Mosso, em nome do grupo, conclui dizendo que “queremos mostrar as autoridades que estamos vivos e que a nossa luta não acaba aqui. Vamos realizar outras acções, entre as quais pensamos recorrer as instâncias judiciais, caso a ordem não for reposta nesta ilha”.

  1. Mendes

    Sao Vicente com tantos problema e a prioridade e durmir son de vida? ainda por cima com tanto desemprego e ainda afirmam que ha pessoas que trabalham.

  2. Soncente

    A PN pouca coisa pode fazer quando temos um CPM q estabelece uma hora para alem da qual não se deve causar poluição sonora e a propria camara municipal q aprovou esse codigo atribui licença para realizar eventos até as 3, 4 horas de manha. A Policia chega ao local, solicita a licença aos realizadores dos eventos e estes estão com a licença, ou seja estão legais. Minha gente, a Policia não é um Deus para resolver tudo, até aqueles q estão legais. Se a PN actuar ela de certo sera criticada.

  3. Cau

    Estive este final de semana em SV para descansar, para o meu espanto, as 9.00 da manhã saltei da cama com o barulho que se fazia sentir, carros a percorrer as ruas de Mindelo a anunciar festas. Durante a noite, motorizadas a passar a alta velocidade sem contar, com os carros que estacionam em frente as residências com música na potência máxima. E lá se foi o meu descanso..saudades de Mindelo de outrora.

  4. mindelo

    BSOD BA KEXA N’GUSTO. NÔS TUD SABE K’EL KATEM CONPETENCIA TECNICA PA RESOLVE A COISA.

  5. Ivan lima

    concordo plenamente, os eventos devem ser regulados legalmente com horarios de funcionamento em espacos preparados para este fim. Sou a favor da realizacao de qualquer tipo de eventos desde que nao viola os direitos humanoos. Paticipei num projecto que a musica ao vivo era a principal atracao, mas tudo foi feito de forma a nao perturbar os outros, som isolado, com limite ate 01h30 da madrugada, entre outras regras que foi implementada por uma questao de principio e respeito aos outros.

  6. terra sab

    é dvera um bá pa nha terra ba faze feria p descansa ma um volta max cansod einda…!!!
    kel terra k t pará, é 24 sob 24 hora… inacreditavel
    nox terra é mud sab home… mindelo akele abraç

  7. bsot ta tud un levianos, kem t reclama t mora ne centro d cidade,ki k´bsot kre? un cidade fantasma? katem vida né!!!….bsot t trabaia moda tud gente …ba xpia s bsot fitch (ate bsot) k t estot ness festa t dá rally i t faze kess pior kosa….Sim são vicente já foi sabe, pk? pk já bsot ftchá tud espacos k jovens tava frekuenta na centro k bsot friscura, agora o k dá ê so banda d laginha, bsot kre ftchá lá tb? bsot t perturbot, já bsot voltá pex? korr d puplicidade tb ma kel lá e d dia!!! kkkkkkk

  8. Joaquim ALMEIDA

    Concordo com este movimento ( Movimento contra barulho na Cidade do Mindêlo ) Na verdade hà mùsica e hà ” barulho ” ; Eu sou mùsico e vivo longe do meu pais , mas sempre que posso là vou visitar a minha familia , os meus amigos , participar nos festivais concertos e também em movimentos associativos em homenagens etc; porém devo concordar que , sobretudo nos meses de férias , ( a poluiçao senora ) està aumentando cada vez mais , tornando-se a vida das pessoas impossivel ;Hà limites a respeitar!.

  9. 100%saovicente

    no momento em São vicente esta a quilometros de distancia da Praia, o dinheiro praticamento desaparece do mercado, trabalho para que falar, paraece esse bando de levianos, que tem café , almoço e jantar ……, a reclamar uns dias que o povo começa a sonhar dias melhores. esses bandos que na maioria, nem de são vicente sao pensam bloquer a nossa querida ilha. VÃO PARA SANTA LUZIA , AI VOCES DORMIRAO 365 DIA

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.