Tchon Kriol apresenta Festival Nacional de Cinema e Audiovisual de Cabo Verde (Oiá)

13/10/2015 07:50 - Modificado em 14/10/2015 09:28
| Comentários fechados em Tchon Kriol apresenta Festival Nacional de Cinema e Audiovisual de Cabo Verde (Oiá)

Oiá FestivalO Festival Nacional de Cinema e Audiovisual de Cabo Verde (Oiá) é uma proposta da produtora independente Tchon Kriol com o qual se pretende constituir um evento maior de celebração das visualidades e dos discursos visuais cabo-verdianos. Apesar da base ser no Mindelo, espera-se que se estenda por todo o país e a diáspora. Este Festival, como explica a organização, vem quebrar as fronteiras entre o público e o realizador, criando um diálogo entre eles.

“Queremos um trabalho que vá do bairro à diáspora cabo-verdiana porque o cinema em Cabo Verde está muito espalhado e implica que quando você traz um projecto deste tipo, você deve fazer com que seja a dimensão nacional e ultrapasse o limite e a esfera deste arquipélago”, explica Tambla Almeida, promotor do Festival.

O Festival vai ter início no dia 22 de Outubro e está dividido em duas partes, Oiá Zona e Oiá Baía. Na primeira, serão efectuadas projecções cinematográficas em seis bairros da ilha e no Oiá Baia, projecções de filmes na Avenida Marginal a partir do dia 26 de Outubro. A Avenida Marginal, como explica Tambla Almeida, é “simbólica já que o Porto Grande permitiu a certos cabo-verdianos de levarem a cabo-verdianidade pelo mundo”.

Ainda dentro do programa está incluído um concurso audiovisual que será dividido em três categorias, sendo elas documentário, curta-metragem e filmes de um minuto. Nos filmes de um minuto a exibição e votação vai decorrer no espaço online.

Tambla deixa saber que foram enviados vários convites a cineastas nacionais e internacionais para mostrarem os seus filmes e que têm respondido de forma positiva.

A organização refere ainda que durante o Festival irão decorrer um conjunto de acções como a exibição e a competição de filmes de e sobre Cabo Verde, reflexão e debate sobre condições e disponibilidade de produção no país, um programa de intervenção criativa na cidade, um conjunto de formações a vários níveis para diferentes públicos, actividades paralelas que incluem exposições, concertos musicais, performances, teatro e gastronomia e ainda uma itinerância para uma das comunidades da diáspora cabo-verdiana.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.