Alveno Soares: “o voluntariado vale por si”

13/10/2015 07:44 - Modificado em 13/10/2015 07:44
| Comentários fechados em Alveno Soares: “o voluntariado vale por si”

Alveno Soares, voluntário do Centro da Juventude em São Vicente e aluno do 4º ano do curso de Serviço Social, afirma que a desmistificação da ideia que o voluntariado significa trabalhar sem remuneração passa pelos profissionais começarem a fazer voluntariado. Assim, abandona-se a ideia que voluntariado é para desocupados e haverá um contributo das suas experiências que poderá ser um ganho para os voluntários.

Alveno assegura que faz voluntariado há 12 anos e trabalha afincadamente na área social, mas acredita que é um trabalho que deve ser reconhecido. “O voluntariado vale por si e deve integrar-se na sociedade como aquele que ajuda no desenvolvimento da comunidade”, adianta o voluntário do CJSV que ainda deixa um apelo para que os universitários não optem por fazê-lo somente para preencher currículo, mas sim porque podem aprender com esta actividade, contribuindo também para banir a ideia que o voluntariado é para desocupados, “mas para pessoas que dão algumas horas das suas 24 horas a quem precisa”, diz Alveno.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.