Mecânico surpreendido a conduzir sem carta​

12/10/2015 07:59 - Modificado em 12/10/2015 07:59

carta conduçãoUm jovem mecânico está a ser julgado pelo Tribunal de São Vicente acusado de ter conduzido viaturas de forma ilegal, ou seja, sem habilitação para conduzir veículos.

O mecânico residente na zona da Ribeirinha foi surpreendido pela Policia de Trânsito de São Vicente enquanto conduzia um veículo na zona de Monte Sossego. O infractor foi detido em flagrante delito e conduzido à Esquadra da Polícia.

O arguido, ao se dar conta que estava a ser visto pela Polícia de Trânsito, abandonou a viatura e dirigiu-se para junto de outros jovens que se encontravam sentados perto de umas escadas com o intuito de despistar a Polícia.

Ao ser abordado pela Policia de Trânsito, o infractor recusou-se a apresentar a carta de condução negando ser ele o condutor. Os agentes da polícia terão insistido, mas este alegou estar sentado longe da viatura, por isso, não era obrigado a apresentar a carta de condução.

O condutor foi detido e apresentado ao Tribunal onde está a ser julgado. Durante a audiência, o condutor afirmou ser mecânico, mas que devido à falta de condições económicas, não teve oportunidade de tirar a carta de condução por causa do seu custo elevado. Mesmo assim, prometeu fazê-lo logo que tiver disponibilidade financeira.

  1. Carlos Ferreira

    Como vivo longe da Mamãe Terra e habituado a uma certa disciplina no trânsito quando das minhas férias em Cabo Verde tenho a impressão que muitos são como este mecânico ou seja, não têm carta de condução ou se a têm deve ter sido conseguida falsamente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.