Apagou –se a chama olímpica

13/08/2012 01:16 - Modificado em 13/08/2012 01:16
| Comentários fechados em Apagou –se a chama olímpica

Os Estados Unidos da América no último dia das olímpias confirmaram-se  como os vencedores no total das medalhas. Com 104 medalhas ficou a frente ,da China. Os norte-americanos fizeram o total de 46 medalhas de ouro, 29 prata e em bronze. Por seu lado a China ,que chegou a liderar a contagem, terminou com 87 medalhas, divididas em 38 de ouro, 27 de prata e 22 de bronze.

O factor casa foi  importante para  pais organizador, Grã-Bretanha, a conquistar 65 medalhas, sendo 29 de ouro, 17 de prata e 29 de bronze . A Rússia apesar de ganhar mais medalhas do que a Grã-Bretanha ocupa o quarto posto, pelo facto de perder em qualidade, no que diz respeito a medalhas de ouro. Conseguiu 24 de ouro, 25 de prata e 33 de bronze.

Dream Team a ter que “suar” para o ouro

O “dream team” actual do basquetebol, a equipa de basquetebol dos EUA, garantiu  o ouro num triunfo complicado face a equipa da Espanha, que venceram por 107-100. A equipa da Espanha entrou melhor no jogo criando uma vantagem de 5 pontos no primeiro período. Mas os EUA fecharam o primeiro período com uma vantagem de 10 pontos. E no intervalo a vantagem norte-americana era mínima.

Com Kevin Durant sempre em alta, 30 pontos, LeBron James assumiu as rédeas no 4.º período e os EUA conseguiram finalmente uma vantagem mais confortável, que lhes permitiu gerir sem problemas até final.

 

França vence ouro em andebol

A selecção de França renovou o título olímpico de andebol masculino ao derrotar na final a Suécia, por 22-21.O conjunto francês, que é bicampeão do Mundo e campeão europeu – é a primeira selecção a deter, ao mesmo tempo, os três títulos.

A França sentiu algumas dificuldades durante os primeiros 17 minutos de jogo, quando até esteve em desvantagem por dois golos. Os franceses passaram para a liderança do marcador aos 21 minutos e não mais a largaram, com a primeira parte a chegar ao fim com 10-8 no marcador.

A segunda parte decorreu sem grandes sobressaltos até perto do fim, altura em que os suecos encurtaram a diferença para um golo – valeu a maior experiência dos franceses. Michael Guigou, 5 golos, foi o melhor marcador dos franceses, mas não do encontro. Nesse capítulo Niclas Ekberg superou-o por um golo (6).

No jogo de atribuição da medalha de Bronze, a Croácia derrotou a Hungria (33-25).

Rússia com recuperação para ouro

A Rússia derrotou o Brasil, por 3-2, na final do torneio masculino de voleibol, depois de recuperar de uma desvantagem de 0-2 em sets, conquistando assim a medalha de ouro diante dos campeões olímpicos em título.

No jogo de atribuição da medalha de bronze, a Itália derrotou a Bulgária por 3-1.

Croácio campeão em polo aquático

A Croácia sagrou-se campeã olímpica do torneio masculino de polo aquático, após bater na final a Itália por 8-6. Maro Jokovic foi o grande destaque da equipa croata ao apontar 3 golos nesta final.

A medalha de bronze foi para a Sérvia que bateu Montenegro por 12-11 no jogo de apuramento do 3.º e 4.º lugar.

 

Stephen Kiprotich campeão da maratona

O ugandês Stephen Kiprotich conquistou a medalha de ouro da maratona. Kiprotich terminou a prova com um tempo de 2:08.01, tendo batido a concorrência queniana de Abel Kirui, campeão do mundo em título, e Wilson Kipsang Kiprotich, medalhas de prata e bronze respectivamente.
Ouro para Kulhavy em BTT

O ciclista checo Jaroslav Kulhavy sagrou-se campeão olímpico de Cross-country. Kulhavy cumpriu a prova com um tempo de 1:29:07 horas, superando o suíço Nino Schurter e o italiano Marco Fontana, medalhas de prata e bronze respectivamente.
Japão conquista ouro em luta livre

O japonês Tatsuhiro Yonemitsu conquistou a medalha de ouro na categoria de menos 66 kg de luta livre ao derrotar na final o indiano Sushil Kumar. A medalha de bronze nesta categoria foi para o cazaque Akzhurek Tanatarov e para o cubano Livan Lopez.

 

Cubano vence por pontos no boxe

O pugilista cubano Robeizy Martinez conquistou a medalha de ouro dos 52 kg dos Jogos Olímpicos, ao derrotar na final o mongol Tugstsogt Nyambayar. Ramirez, 18 anos, bateu o seu oponente aos pontos (17-14) e ofereceu assim a Cuba o seu segundo título olímpico em Londres, enquanto o russo Misha Aloian, campeão do Mundo em título, e o irlandês Michael Conlan ficaram com as medalhas de bronze.

 

E ainda

A Rússia conquistou a medalha de ouro de ginástica rítmica por equipas d o seu quarto título consecutivo. A medalha de prata foi para a equipa da Bielorrússia e a de bronze para a Itália.

 

 

Ultima medalha de ouro olímpico para…

A lituana Laura Asadauskaite conquistou o título feminino de pentatlo moderno, naquela que foi a 302.ª e última medalha de ouro atribuída na capital londrina. Na derradeira prova antes de a chama olímpica se apagar em Londres, a lituana terminou a prova com 5.408 pontos.

A britânica Samantha Murray foi segunda, com 5.356 pontos, e a brasileira Yane Marques terceira, com 5.340.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.