PM faz abertura oficial de primeiro curso de Medicina em Cabo Verde

7/10/2015 08:19 - Modificado em 7/10/2015 08:19

JMNO Primeiro-Ministro, José Maria Neves, preside nesta quarta-feira, a partir das 09H00, na Reitoria da Uni-CV, na cidade da Praia, à cerimónia oficial de abertura do primeiro curso de medicina ministrado em Cabo Verde pela Universidade de Cabo Verde (UniCV) a nível do mestrado e que iniciará com um máximo de 25 alunos. O curso resulta de  uma parceria especial entre a Uni-CV, os hospitais nacionais e a Universidade de Coimbra, Portugal.

Este curso é considerado pelos responsáveis um passo importante para a melhoria da qualidade dos serviços de saúde prestados aos cabo-verdianos, através de uma formação contínua e mais cuidada dos profissionais da saúde, sendo que será também um enorme passo para que o País possa, no futuro a médio prazo. Com  a conclusão  do curso  pode-se almejar introduzir novas especialidades médicas com técnicos e médicos formados aqui no país. Este constitui ainda um momento de viragem na história da medicina nacional e coloca o país em posição de cumprir o ambicionado projecto de se constituir como um importante pólo de formação, de cuidados de saúde e de investigação científica a nível da CEDEAO, constituindo ainda uma mais-valia e mais um reforço da competitividade do país em matéria do desenvolvimento do turismo.

A transformação dos hospitais do país, em particular, dos hospitais centrais da Praia e do Mindelo em hospitais universitários é uma das vertentes deste projecto estratégico para o País e que poderá, no futuro, ajudar a poupar divisas importantes que são canalizadas para as formações de pessoal da saúde no exterior, direccionando tais recursos para o desenvolvimento de serviços e aquisição e melhoria de equipamentos e infra-estruturas de saúde.

  1. Berdianu

    Em vez de fiscalizarem as diversas licenciaturas já ministradas pelas universidades existentes no mais, enquanto garante de um ensino superior de qualidade, preferem abrir mais um curso que, como todos nós sabemos, o país ainda não tem capacidade para assumir tal responsabilidade. Meus senhores, Universidade não é ter um espaço, cadeiras, mesa, quadro, e professores….Universidade é pesquisa, é investigação, e mudar paradigmas, e é empreender, é inovar, é investir, é estar, é ser. O mais curioso disto tudo é que aqueles que apoiam a abertura destes cursos em CV, são os mesmos que preferem enviar os seus filhos para estudar no exterior. Porque será?!!!!!

  2. roxana aguilera

    Berdiano vai te cair rodondo quando sepas q no HBS ten 4 medicas q saõ falsas ESpecialistas !!! Esso !! ..não ten diploma nem feito a formaçao !!! Saõ um autentico Bluff .Curiosamente são as q ocupan cargos na direçao !!! A “elite” (seleto grupo q troca favores quedando todas com rabo preso ) PAC/HBS ,a Diretora Clinca Samila Evora conhecida x Samila Inocencio para despejar caminhos) a Medica “principal” (x ser especialista !!!! ) Odete ,e a Conceiçao publicitada como Hematologa a q ten em seos maos os “diagnosticos ” do Cancro :LEUCEMIAS ,Linfomas !!!!! .Agora vais a voltar a cair quando sepas q esta denuncia foi encaminhada a Ministra e Bastonario da OMCV !! 🙂 🙂 🙂 Esto vai acabar em CV ,se antes não acaban com os duentes !!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.