ELECTRA desmantela 103 ligações ilegais e leva nove pessoas a Tribunal

7/10/2015 08:07 - Modificado em 7/10/2015 08:07

roubo luzTermo de Identidade e Residência para um indivíduo surpreendido a usufruir de energia eléctrica de forma ilegal. A detenção foi feita na sequência de uma campanha de desmantelamento de ligações clandestinas levada a cabo pela Electra em diferentes zonas de São Vicente.

O Primeiro Juiz da Comarca de São Vicente aplicou ,nesta segunda-feira, 05, Termo de Identidade e Residência a um cidadão residente na zona da Ribeirinha, Morro Branco, acusado do crime de furto de energia.

O indivíduo foi surpreendido a fazer uso ilegal de energia eléctrica. O desmantelamento foi realizado na sequência de uma campanha massiva de combate a ligações clandestinas levada a cabo pela Electra.

O NN sabe que pelo menos nove pessoas foram presas para apresentação imediata ao Tribunal e três clientes da Electra foram autuados por estarem em situação de fraude.

Com o objectivo de diminuir as ligações eléctricas clandestinas, a Electra Norte tem em curso desde o dia 05 de Setembro uma equipa constituída por vinte pessoas entre electricistas e auxiliares no terreno.

Para a actuação, a Electra conta ainda com a assistência jurídica de uma equipa de advogados para garantir a aplicação efectiva da Lei de Combate ao Furto e Fraude de Energia Eléctrica (Lei n.º 73/VIII/2014) e ainda com a presença de seis agentes da polícia.

Até ao momento, a Electra conseguiu desmantelar cerca de cento e três ligações alimentadas por quilómetros de rede construídas de forma irregular e sem segurança. As ligações foram identificadas nas zonas de Ribeirinha Areia Branca / Ribeirinha Morro Branco, Salamansinha, Ribeirinha Zona X e na zona entre Espia e Cruz João Évora.

  1. tafu

    Ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão.Electra deveria ter vergonha de pronunciar essa palavra roubo,porque eles são os primeiros que roubam por abuso,e ainda arranjam advogados,devemos arranjar advogados também quando roubam as pessoas,não acham?

  2. justiça

    tem mais de 9 pessoas que quer levar a electra ao tribunal tambem,e é preciso criar uma lei para condenar quando ilectra presta mao serviço ao cliente.e ter um adivogado na posse de cliente

  3. Cesar Silva

    E quem é que faz a electra pagar os prejuízos e as roubalheiras que esta empresa ladra vem fazendo aos clientes? Electra só sabe roubar e mais nada! Por mim punham uma bomba nessa empresa e acabavam de vez com o abuso da electra.

  4. JOAO

    Em Fonte Inês há casas sem contrato de electricidade, com ligações clandestinas. Incrível se os técnicos da Electra não sabem disso!

  5. electra

    Mesmo crime, mesmo roubo, mesmo pais.

    Vejam:

    1. Alto da Glória – Cidade da Praia – Santiago —> dão tempo de antena para os criminosos para além de justificarem e assumirem o crime ameaçar que irão repetir o mesmo crime:

    http://www.rtc.cv/index.php?paginas=13&id_cod=43155

    2. Ribeirinha, Areia Branca – Cidade de Mindelo, S.Vicente – é preso e presente ao Tribunal os criminosos.

    http://noticiasdonorte.publ.cv/38246/electra-desmantela-103-ligacoes-ilegais-e-leva-nove-pessoas-a-tribunal/

  6. novoelectra

    Se houvesse alguém digno de ser chamado de JORNALISTA em Cabo Verde o que deveria fazer era publicar um artigo não com esse tipo de conteúdo mas perguntando porque é que dia sim dia não há noticia de desmantelamente de redes clandestinas na Cidade da Praia, Assomada, etc e ninguém é presente ao tribunal ai. Essa é que deveria ser matéria de interesse jornalistico investigar porque em alguns casos há criminosos presos e noutros perante exactamente o mesmo crime ninguem vai preso alias os proprios criminosos são entrevistas pela TCV assumindo o crime e desafiando voltar a cometer o mesmo crime logo a seguir.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.