JMN mantém a confiança politica no Ministro do Ambiente

6/10/2015 07:35 - Modificado em 6/10/2015 07:35

JMNO primeiro-ministro José Maria Neves, mantém a confiança política no Ministro do Ambiente, Antero Veiga, cuja gestão do Fundo do Ambiente está a ser investigada pelo Ministério Público e que tem sido alvo de um novela política tendo como protagonistas o Ministro, o Presidente da ANMCV, o MpD, o PAICV e os autarcas de ambos os partidos.

Sobre a lista das associações beneficiadas, o PM disse que “foi publicada uma lista de associações alegadamente indevidamente beneficiadas com verbas do Fundo do Ambiente. O senhor Ministro do Ambiente desmentiu essa lista, deu esclarecimentos públicos e em sede de Conselho de Ministros e mantenho a total confiança no senhor Ministro do Ambiente”. O Primeiro-ministro disse ainda que as contas do Fundo do Ambiente vão ser apresentadas ao Tribunal de Contas e que todos os dados serão apresentados publicamente “para avaliação da opinião pública”.

José Maria Neves que relacionou a polémica em torno do Fundo do Ambiente com o período pré-eleitoral que já se vive no país pediu “a necessária contenção para fazer pedagogicamente o esclarecimento sobre estas matérias”.
“O Fundo do Ambiente gerido pelo Ministério do Ambiente, está a ser investigado pelo Ministério Público por alegadas irregularidades na atribuição de verbas a associações e ONG”.

A investigação foi aberta em Agosto na sequência de denúncias públicas do Presidente da Associação de Municípios de Cabo Verde, Manuel de Pina que, posteriormente, apresentou uma queixa contra o Ministro do Ambiente, Antero Veiga.

Fonte Lusa

  1. Francisco

    Como escutei hoje bem cedo na RCV, um dirigente da oposição falou que o senhor 1º ministro anda bem distraído, pois ele sabe que qualquer partido pode solicitar a investigação do desvio do Fundo do Ambiente para as associações amigas dos camaradas afectas ao PAICV

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.