Júlio do Rosário assume mandato de três anos da ARFSV

5/10/2015 08:18 - Modificado em 5/10/2015 08:18
| Comentários fechados em Júlio do Rosário assume mandato de três anos da ARFSV

arfs1A nova direcção da Associação Regional de Futebol de São Vicente (ARFSV) assume o triénio (2015-2018) do seu mandato afirmando que os clubes serão sempre a voz da associação e que a prestação regular da informação será transparente e com veracidade.

Durante o discurso da tomada de posse, o novo presidente da ARFSV, afirmou que servem os interesses da ilha de São Vicente uma associação que trabalha com os clubes, “prestando informações factuais, que em democracia se encontram as melhores soluções para o futebol que todos amamos, que engrandece a ilha do nosso coração”, reitera Júlio do Rosário.

Para o novo líder a voz é e será sempre dos clubes, assente nos princípios da responsabilidade onde as obrigações para com estes serão para se fazer cumprir. “Esta é para nós uma questão de honra”, promete Júlio do Rosário para quem a transparência e a veracidade das informações serão o ponto-chave do seu mandato e que os clubes terão toda a liberdade de acompanhar o dia-a-dia da mesma e “intervir a bem, sempre que acharem oportuno”.

“Levaremos a cabo uma gestão com o máximo de rigor, competência e empenho, colocando como sempre fizemos no nosso percurso, o interesse da associação, os clubes acima de qualquer outro”. E garante uma associação a uma só voz, com uma liderança clara e inequívoca com todos os órgãos sociais funcionais.

“Estruturas compostas por pessoas conhecedoras da vida da associação do desporto e da gestão”.
Sobre a questão financeira da associação, o seu novo presidente promete adoptar políticas financeiras adequadas para a sustentabilidade da associação e que permitem “honrar os nossos compromissos financeiros mantendo índices de competitividade altamente exigentes”.

“Exigiremos o devido respeito a nossa associação por parte das entidades que tutelam o desporto, arbitragem assim como a comunicação social”.

Financeiramente, Júlio do Rosário, garante que são vários os desafios e têm plena confiança que “estaremos preparados para enfrenta-los”. “Assumir sem receios uma mudança positiva, construtiva e de verdade, pois consideramos que a associação não pode perder mais tempo em projectos experimentalismos”, defende.

O presidente assume que as soluções que são necessárias passam, inevitavelmente por uma reforma da entidade efectuada com sensatez, realismo e credibilidade. Só assim se cria a soluções necessárias para a sustentabilidade e crescimento.

Reitera ainda que chega de projectos e promessas vãs e que irão centrar em soluções concretas e realistas que sejam exequíveis e que possam ser implementadas logo que a nova direcção tome posse.
“Seremos competentes e cumpridores no nosso mandato”, conclui.

Além de Júlio do Rosário fazem parte ainda do corpo directivo, Jorge Humberto, juntamente com mais cinco vice-presidentes, sendo dois suplentes. Para a presidência da Assembleia Geral, João Lima, Conselho de Disciplina Edson da Costa, Conselho Jurisdicional Nedson Mauricio, e Conselho de Arbitragem Ramiro Duarte.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.