Dia Internacional do Idoso: “Existe uma desresponsabilização das famílias”

1/10/2015 07:56 - Modificado em 1/10/2015 07:56
| Comentários fechados em Dia Internacional do Idoso: “Existe uma desresponsabilização das famílias”

idoso abandonadoAs famílias cabo-verdianas têm fugido às suas responsabilidades em relação aos idosos, considera Iria Santos, Presidente da Associação Cabo-verdiana para a Terceira Idade – ACATI. Os motivos para esta desresponsabilização são de várias ordens.

O dia 01 de Outubro é assinalado como o dia internacional da 3ª idade. E como não poderia deixar de ser, os idosos de Cabo Verde serão homenageados em todas as ilhas do país ao longo do mês de Outubro.

A Associação Cabo-verdiana para a Terceira Idade – ACATI foi fundada em 2006 e tem como principal objectivo despertar, promover e fomentar a solidariedade social dos cabo-verdianos dentro e fora e sensibilizá-los para os problemas que afectam a terceira idade, especialmente os mais carenciados.

Iria Santos, Presidente da associação que defende os idosos, considera “existir uma desresponsabilização das famílias”. Ao longo das acções desenvolvidas pela ACATI, a associação deparou-se com “idosos em situações complicadas, em condições sub-humanas, o que levou a associação a concluir que há um défice no que toca ao compromisso para com os mais velhos.

A mesma assegura que são vários os motivos desta desresponsabilização tais como famílias desestruturadas, mudança de valores, ritmo de vida mais acelerado, problemas financeiros entre outros e que, “infelizmente, estão-se a perder valores como o cuidar e amar o idoso e mantê-lo no seio da família”.

Um outro objectivo desta associação é “promover o bem-estar e aumentar a auto-estima dos idosos, para além de sensibilizar a sociedade para a situação da terceira idade, chamando a atenção para os problemas que afectam esta faixa etária não só a nível financeiro, social, físico e afectivo, mas também mostrar que atingir essa faixa etária é uma dádiva e que isso deve ser motivo de comemoração, valorizando a experiência, a sabedoria dos nossos idosos e o muito que nos deram e continuam a dar”.

Na sequência do Dia Internacional do Idoso, diferentes instituições uniram-se para promoverem um leque de actividades em honra a esta faixa etária. Para isso, a ACATI em parceria com diferentes instituições como a Cruz Vermelha, a Câmara Municipal de São Vicente, A PONTE, a Gama, a CDS e a CNV organizaram um leque de actividades para assinalar a data.

Os idosos de São Vicente serão homenageados durante todo o mês de Outubro com uma vasta programação incluindo actividades culturais, recreativas, de carácter social, de formação e informação, sendo algumas direccionadas à sociedade de uma forma geral.

As actividades tiveram início nesta quarta-feira, dia 30, com uma serenata de homenagem à mulher mais idosa da ilha de São Vicente, Mia, idosa de 105 anos residente na zona de Ribeira de Julião.

Consta ainda das actividades um concurso Miss e Mister Melhor Idade num dos hotéis de São Vicente, passeios nos lares de idosos, palestras sobre o tema “Saúde mental e pessoa idosa – envelhecer com dignidade”, oficinas de orientação para cuidadores de idosos, show de talentos da terceira idade com dança e música, tudo no intuito de valorizar o idoso.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.