Centenas de pessoas no Morna Jazz World Music Festival

24/09/2015 08:20 - Modificado em 24/09/2015 08:20
| Comentários fechados em Centenas de pessoas no Morna Jazz World Music Festival

Morna Jazz15Pelo terceiro ano consecutivo do Morna Jazz World Music Festival, centenas de pessoas responderam ao chamamento da Ribeira Bote para, juntos, celebrarem os 41 anos em que os sons de tiros ecoaram na fatídica noite de 23 de Setembro de 1974, data em que a tropa colonial portuguesa enfrentou a revolta de um povo decidido a manter a sua autonomia, tornando-se assim na primeira “zona libertada de Cabo Verde” antes da independência.

Agora, em 2015, os sons de tiros e a revolução do povo da zona periférica do Mindelo são substituídos pela música dos artistas que vieram prestar a própria homenagem em prol da convivência das centenas de pessoas que também vieram prestigiar a zona.

Considerado por muitos uma zona de “turbulência”, mesmo assim a avenida Capitão Ambrósio, avenida principal da zona, foi o palco de centenas de pessoas que em civismo prestigiaram a zona com a sua presença e a organização do evento mostrou-se cada vez mais empenhada em dar continuidade ao projecto que tem vindo a trazer grandes benefícios culturais para a zona.

Entretanto, algumas reclamações foram feitas relativamente ao número de músicas que cada artista leva ao público, pois este considera muito pouco o tempo que os artistas cantam. Apenas dois temas, o que deixa uma sensação de vontade de mais.

A actividade que assinala os 41 anos da heróica resistência dos moradores, pretende resgatar as tradições de Ribeira Bote, retirando a “conotação errada da zona”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.