Mario Fernandes: “O meu objectivo no lançamento do dardo é estar sempre no pódio”

18/09/2015 07:47 - Modificado em 18/09/2015 07:47
| Comentários fechados em Mario Fernandes: “O meu objectivo no lançamento do dardo é estar sempre no pódio”

marcio fernandes paralimpicosO atleta paralímpico Márcio Fernandes regressa a Londres hoje, onde irá continuar a sua preparação visando os jogos olímpicos Rio 2016, depois da sua participação nos jogos africanos que decorreram no Congo.

Em declarações à RCV, o atleta cabo-verdiano disse estar satisfeito por ter representado o seu país da melhor forma possível.

O objectivo do atleta era conquistar a medalha no lançamento do dardo, o que acabou por conseguir, na terça-feira, sendo o primeiro de 15 participantes.

A este ouro junta-se a medalha de prata conquistada pelo atleta na prova de lançamento do disco disputada na segunda-feira, onde ficou em segunda posição, afirmando não ser esta a sua especialidade e, sendo assim, sente-se bastante satisfeito, uma vez que “participei no lançamento do disco tendo como perspectiva o quarto lugar”, realça o atleta paralímpico.

Agora, segue rumo a Londres para continuar a sua preparação para os jogos paralímpicos Rio de Janeiro – 2016. “Esta marca qualifica-me no lançamento do dardo para os jogos olímpicos”, explica Márcio Fernandes referindo-se aos cinquenta metros e noventa e um centímetros (50,91 m), marca que lhe permitiu conquistar o ouro no Congo, nesta terça-feira, ficando a três metros do seu recorde africano.

Garante ainda que o seu trabalho de preparação terá como foco central o lançamento do dardo como principal modalidade. “O meu objectivo no lançamento do dardo é estar sempre no pódio”. Assegura que nos 100 metros ambiciona conseguir chegar à final e ficar entre os oito primeiros, já que no último mundial foi nono classificado.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.