JMN : São Vicente é a capital da democracia local

10/08/2012 23:42 - Modificado em 10/08/2012 23:42

Ontem São Vicente entrou para a história: os três partidos mais votados distribuíram os lugares na mesa da Assembleia Municipal respeitando o sentido do voto dos eleitores. A presidência ficou com Celeste Fonseca,MpD, a vice-presidência com o PAICV e a secretária da mesa com a UCID.É a primeira vez que tal acontece em Cabo Verde.

 

Os novos membros da Assembleia e da Câmara Municipal foram empossados nas suas funções. A mesa da assembleia vestiu as cores dos três maiores partidos de São Vicente. Maria Celeste Fonseca, MpD, a candidata mais votada nas últimas eleições ficou assumiu o cargo de presidente, Baltasar Ramos do PAICV como vice-presidente e por último Patrícia Gomes da UCID ficou como secretaria.

Foi apresentada uma única lista que recebeu os votos de todos os deputados presentes na sala. Facto que foi enaltecido pela nova presidente da AM que considerou que ” o período eleitoral foi longo e que agora preciso deixar de lado as ofensas , os desentendimentos. O tempo é de união por São Vicente”. Celeste Fonseca compromete-e a zelar para que o sentido de voto dos sanvicentinos seja respeitado..

Este é um marco histórico na democracia cabo-verdiana. Feito este merecedor da atenção especial por parte dos intervenientes. O Primeiro-Ministro, José Maria Neves que marcou presença no acto, fez questão de sublinhar este facto. Neves caracterizou a ilha como “a capital da democracia local”. Maria Celeste Fonseca, presidente eleita da Assembleia Municipal, reforçou a ideia de que São Vicente deu “pontapé de saída em matéria de inovações ”.

  1. J..A.Z.S

    A capital da democracia local Sr PM? Porque nao a Capital da Democracia Nacional, visto ser um acto inedito em CV.

  2. 1º é S.Vicente, 2º é S.Vicente, 3º é S.Vicente. Tudo é S.Vicente acima dos patidos politicos. Viva S.Vicente

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.