Estivadores do Porto Grande aguardam reunião com a Administração para resolverem os “pendentes”

15/09/2015 07:24 - Modificado em 15/09/2015 07:24
| Comentários fechados em Estivadores do Porto Grande aguardam reunião com a Administração para resolverem os “pendentes”

estivadores mindeloJailson de Aguiar, representante dos estivadores do Porto Grande que realizaram a manifestação devido ao descontentamento com os novos recibos, assegura que aguardam uma reunião com a Administração da Enapor para poderem dialogar e evitar mal-entendidos por causa da falta de comunicação.

O Administrador da ENAPOR, Osvaldo Lopes , por sua vez considera que a situação já está ultrapassada. O gestor alega tratar-se de uma alteração do sistema operacional que será utilizado em todos os portos do País e que “existem algumas diferenças entre os softwares que estão a ser corrigidas lá onde for necessário”. Todavia, no que respeita os recibos, os estivadores exigiram que houvesse uma informação adicional como constava dos recibos antigos visto que, segundo os mesmos, havia uma informação insuficiente no actual recibo, mas este assunto informático está a ser tratado, assegura Osvaldo Lopes.

“O assunto ainda não está resolvido, estamos à espera de uma reunião com o CA da Enapor para que possamos dialogar e frisar que a folha adicional serve de controlo para os trabalhadores e para a própria administração, visto que comprova que os estivadores não estiveram a passear em vez de trabalhar. Sugerimos que a folha fosse diária” assegura Jailson de Aguiar, representante do Sindicato da Indústria Geral, Alimentação, Construção Civil, Agricultura e Serviços Afins (SIACSA) em São Vicente. O mesmo alega que a falta de diálogo com a classe dos estivadores originou a manifestação e refere que “a comunicação até que pode ser emitida por parte do Concelho da Administração (CA), contudo, a mesma não chega aos destinatários. Jailson esclarece que após a manifestação foi emitido o recibo com a informação adicional onde consta a discriminação do trabalho do estivador, porém, está preocupado com a emissão dos futuros e espera que haja comunicação para evitar constrangimentos na classe que representa.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.