Estatuto da carreira docente: SINDEP e Professores podem condicionar o início do ano lectivo

11/09/2015 08:27 - Modificado em 11/09/2015 08:27

professorOs professores filiados no SINDEP podem vir a condicionar o início do ano lectivo, segundo Nicolau Furtado, presidente do SINDEP. Isto por considerar que o Ministério do Desporto e da Educação já “ultrapassou todos os limites possíveis de prazo e acordos em sede negocial com o SINDEP”.

Como explica o presidente do SINDEP, tinha sido assegurado a este sindicato que no dia 3 de Setembro o estatuto da carreira docente estaria aprovado pelo Conselho de Ministros. “No dia 8 de Setembro, para nosso desapontamento, no encontro com a Ministra da Educação e Desporto, esta informou-nos que a aprovação do estatuto não chegou a acontecer”.

Para além da sua não aprovação foi ainda dito que não existe uma data para que isso aconteça. E argumenta ainda que “não foi dado um esclarecimento convincente sobre o que realmente está a acontecer e quais as perspectivas para a resolução definitiva da situação”.

Com o impasse da aprovação, o SINDEP já pensa em formas de luta que podem começar com uma manifestação e terminar em greve. “Consideramos que é uma falta de respeito pela classe docente uma vez que acordámos várias datas e negociámos este estatuto desde 2012”. Sublinha que os professores já estão cansados de esperar por este estatuto.

  1. Francisco andrade

    O mais triste foi ouvir o senhor 1º ministro José maria neves,hoje de manhã na RCV, que em nada nos apoia..aliás o senhor chefão do governo faz tempos que abandonou a classe docente, juntamente com a camarada fernanda ministra da educação

  2. Francisco andrade

    pede-se a união de toda a classe, e para que os docentes tiram a camisola partidária, pois o que está em causa é o interesse de todos

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.