Cabo Verde faz o pleno na fase de grupo

25/08/2015 08:57 - Modificado em 25/08/2015 08:57
| Comentários fechados em Cabo Verde faz o pleno na fase de grupo

afrobasketCabo Verde faz o pleno de vitórias na fase de grupo do Afrobasket. Com o primeiro posto quase garantido, os Tubarões Martelo tinham, em teoria, uma tarefa mais facilitada: ganhar o último classificado do grupo, o Zimbabué. A tarefa foi mais espinhosa do que se espera, pois encontrou uma equipa sem medo e com uma vontade de igualar a equipa cabo-verdiana. Mas a vitória sorriu a Cabo Verde e o jogo terminou com o placar a marcar 74-65 a seu favor.

Com uma luxação no braço, o base Bryan Rudolph deu o seu lugar a Jeff Xavier, a única alteração no cinco inicial. Cabo Verde entrou melhor num encontro com um parcial de 6-0. A equipa continuou na boa senda até chegar ao resultado de 12-4 onde estagnou nos pontos e o adversário aproximou-se de forma perigosa. No final do período, a vantagem era apenas de quatro pontos (22-18).

A selecção de Cabo Verde esteve em vantagem o jogo inteiro com o adversário de maior estatura a vencer nos ressaltos. Vitalis Chikoko foi a grande pedra de tropeço da selecção cabo-verdiana com os seus 2,10 metros de altura. Mas acabou por ser expulso com cinco faltas.

A selecção não conseguiu uma distância larga em relação ao adversário e viu a liderança no marcador posta em causa no segundo período quando se viu em desvantagem de um ponto (30-31). Ponto acima, ponto abaixou, recuperou a liderança para não mais a perder.

Dimitry Coronel foi um dos melhores da selecção cabo-verdiana com 17 pontos.

O treinador Luís Magalhães reconheceu que a equipa não demonstrou tudo, colou a culpa nalguns nervos, mas mostra-se confiante no próximo jogo. A partida, agora, vai ser com o Gabão quando começa a fase de eliminação.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.