PAICV culpa MPD pela crise de água no Porto Novo

25/08/2015 08:54 - Modificado em 25/08/2015 08:54
| Comentários fechados em PAICV culpa MPD pela crise de água no Porto Novo

sem aguaO 1º Secretário do PAICV no Porto Novo acusou a comissão política do MpD no Porto Novo de estar na base do problema de abastecimento de água ao Município. Para Elísio Rocha, o “problema que aconteceu recentemente em relação ao abastecimento de água resulta de uma intriga bem armada do MpD junto da empresa”.

E acrescenta que esta “intriga” foi com o desígnio de tentar avançar com os seus objectivos políticos e partidários, “numa tentativa de que tudo vale, mesmo pondo em causa o acesso da população à água, um bem essencial”.

Rocha afirma que o MpD-Porto Novo “é o grande responsável pelo problema”. Isto porque, segundo Rocha, foi a Câmara Municipal do Porto Novo quem assinou o “fatídico contrato” com a Águas do Porto Novo (APN) em Julho de 2008, quando a CMPN era liderada pelo MpD.

“O mais absurdo das cláusulas é a que se traduz na obrigação da CMPN de pagar seiscentos metros cúbicos de água diariamente consumindo ou não”.

Para Elísio Rocha, mesmo com o problema resolvido pela edilidade, “o MpD, insatisfeito com a resolução do problema que gerou, veio dizer à opinião pública que a CM utiliza o SAJE como caixa dois para resolver os seus problemas de tesouraria, nada de mais falso”.

O PAICV local espera que o MpD local altere a sua estratégia e não coloque em causa o abastecimento de água ao Município.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.