Manuela vai deixar de cozinhar com lenha

9/08/2012 05:23 - Modificado em 9/08/2012 05:23

Os sãovicentinos ficaram satisfeitos com redução das tarifas dos combustíveis .Com isso esperam ” desapertar um pouco o cinto”.E existem pessoas que vão deixar de cozinhar com lenha devido a redução do preço do gás butano.

 

A redução dos preços dos combustíveis agradou os sãovicentinos que asseguram que há vários meses que esperavam por esta boa notícia. Para os mindelenses, ouvidos pelo NN,a nova actualização apanhou-os de surpresa, porque tinham a certeza que as actualizações da ARE iam sempre no sentido do aumento das tarifas.

Por isso acreditam que os novos preços vão trazer consequências positivas para as suas vidas, porque com as actualizações anteriores aliadas a crise económica vários consumidores tiveram que apertar o cinto para driblar os problemas financeiros.

Virgínia da Luz diz que “a redução do gás butano foi feita a pensar nas famílias, pois no meu caso com os aumentos constantes tive que redefinir a ementa da casa para reduzir os gastos de gás. As refeições que duraram várias horas ao lume vão voltar a ser uma realidade no seio da minha família. Porque a garrafa de 12, 5 kg, símbolo da cozinha de muitas famílias sãovicentinas sofreu uma redução de 200 escudos, um valor muito significativo nos bolsos dos consumidores”.

Já Manuela Silva partilha da opinião de Virgínia, mas acrescenta que os problemas financeiros levaram- na cozinhar na lenha. Manuela reitera que “os meus bolsos não aguentaram os sucessivos aumentos do gás butano, por isso tomei medidas drásticas para conseguir dar uma boa alimentação aos meus filhos. Mas agora com esta redução os meus bolsos deram um suspiro de alívio, porque sei que com 500 escudos posso comprar uma garrafa de gás. Porém não irei abdicar dos cozidos a lenha, porque um dia a ARE vai subir os preços de novo”.

Por seu lado, os condutores afirmam que a redução do preço do gasóleo e da gasolina animou a classe, porque a ARE teve misericórdia dos consumidores. Na medida que a vida não está fácil para ninguém e que um novo aumento poderia por em causa a manutenção dos seus postos de trabalho.

  1. Africa

    Agora para quando actualização das auras tarifas , agua, luz, pão , transporte etc……………

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.