Auditoria da IATA à TACV

19/08/2015 09:29 - Modificado em 19/08/2015 09:29
| Comentários fechados em Auditoria da IATA à TACV

TACVA TACV está a ser auditada pela Associação Internacional dos Transportes Aéreos (IATA) para avaliar o cumprimento dos requisitos legais para poder operar.

Em declarações à RCV, o director da Qualidade e Segurança da TACV, Hélder Cruz, explicou que a auditoria que se prolonga até ao próximo dia 21, é requerida a todas as companhias que são membros da IATA.

A Associação Internacional dos Transportes Aéreos (IATA) é uma organização auditora americana independente que abarca oito disciplinas, onde a transportadora aérea cabo-verdiana é membro activo desde Novembro de 2009.
“Esta auditoria é requerida a todas as companhias que são membros da IATA e é feita de dois em dois anos e, para se manter como membro, tem-se de se proceder à renovação”, afirmou o responsável.

As vistorias estão relacionadas com os serviços de manutenção, operações de voo e de terra, serviços de cabine, de despacho de voo, de carga, organização geral e serviços de segurança.

Hélder Cruz disse que a TACV está a trabalhar para obter uma “boa classificação” na auditoria e cumprir todos os requisitos propostos pela IATA que produz um manual onde estão indicados todos os parâmetros – cerca de mil – baseados nas normas da Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO).

A TACV, fundada em 1958 e com base de operações no Aeroporto Internacional Nelson Mandela, na Cidade da Praia, é a única operadora de bandeira cabo-verdiana e também a única que opera nos voos domésticos.

Das nove ilhas habitadas do arquipélago cabo-verdiano, apenas as de Santo Antão e Brava não dispõem de ligações aéreas, mas são ligadas por barco através das ilhas vizinhas de São Vicente e Fogo, respectivamente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.