Os Tubarões Martelo à conquista de África

19/08/2015 09:27 - Modificado em 19/08/2015 09:27
| Comentários fechados em Os Tubarões Martelo à conquista de África

tubaroes marteloArranca nesta quarta-feira, a 28ª edição do Afrobasket que se disputa na Tunísia. Cabo Verde está integrado no Grupo D, juntamente com as selecções da Costa do Marfim, da Argélia e do Zimbabué. Os “Tubarões Martelo” são liderados pelo técnico português Luís Magalhães que já traçou o objectivo inicial, chegar aos quartos-de-final.

Nesta edição, o conjunto cabo-verdiano tenta fazer melhor do que na edição de 2013 em que caiu na primeira ronda de eliminações frente ao Egipto por apenas um ponto. A campanha teve alguns problemas no início com alguns jogadores importantes a não marcarem presença. Desta feita, a ausência sentida é do posto Edy Tavares que vai iniciar a sua aventura na mais importante liga de basquetebol do mundo, a NBA.

“Tivemos alguns problemas durante o estágio de preparação pois não conseguimos contar com todos os jogadores disponíveis mas temos potencial para realizar uma campanha positiva”, afirmações de Luís Magalhães à imprensa.
Cabo Verde entra em campo no segundo dia da competição, medindo forças com a equipa da Costa do Marfim, terceiro classificado na última edição do Afrobasket. Recorda-se que o vencedor do Afrobasket tem o apuramento directo garantido para os Jogos Olímpicos de 2016, enquanto que o segundo, terceiro e quarto classificados têm direito a participar num torneio pré-olímpico de qualificação.

Os grupos:
– Grupo A: Nigéria, Tunísia, Uganda e República Centro-Africana.
– Grupo B: Senegal, Angola, Moçambique e Marrocos.
– Grupo C: Egipto, Mali, Camarões e Gabão.
– Grupo D: Cabo Verde, Costa do Marfim, Argélia e Zimbabué.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.