Ministro Antero Veiga diz que está com a consciência tranquila e vai processar Manuel de Pina

19/08/2015 09:22 - Modificado em 19/08/2015 09:22

Antero-VeigaO Ministro Antero Veiga já respondeu às acusações do Presidente da Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde (ANMCV) e diz que está com a consciência tranquila, mas dada a gravidade das acusações, vai agir judicialmente.

“Quem leva a sério as declarações deste senhor. Em democracia é preciso exigir que haja respeito e elevação na comunicação.Tendo em conta a gravidade do que eu ouvi, e referimo-nos a um membro de um órgão de soberania e dentro da gravidade, já dei indicações à minha assessoria jurídica para agir em consequência e com a maior brevidade possível”, assegura o Ministro. Para este membro do Governo não se pode continuar “a aturar barbaridades deste tipo”.

Sobre as acusações diz que tem agido em conformidade com a lei. “O Ministro não assina nenhum cheque e os desembolsos são feitos pelos canais próprios. E de qualquer maneira, estou com a consciência tranquila e temos agido dentro dos parâmetros da lei perante a inoperância de um determinado sistema”. Para o Ministro, agir de acordo com a lei “não dá direito a determinadas pessoas para deitar veneno”.

  1. roxana aguilera

    o final do canal qual e’? nao se entende q apos da desgraça em Cha das Caldeiras a Comissao do Ambente continuo com “inoperancia do sistema “!!! O mesmo acontece com o fundo de Solidaridade no Ministerio do Emprego e Solidaridade . NAO TEN COMISSAO DESDE OCT 2013 ! Alem q esta foi para os q ten SEGURO (?) ,porra!! alem de seguro tiverom assistencia !! Quanto os pe’ rapados menores de 60 anos estam LIXADOS , NAO TEN COMSSAO pra dar aiuda Solidaria de miseros 6000 esc !!!e o M do Ambente passa as Fondos sem Comissao !!! Da para entender ? Os fondos nao chegam aos pobres mais sim van a um canal !!!!!!!!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.