Problema de água resolvido no Porto Novo: Governa puxa as orelhas a APN

18/08/2015 09:35 - Modificado em 18/08/2015 09:35
| Comentários fechados em Problema de água resolvido no Porto Novo: Governa puxa as orelhas a APN

aguaO problema de distribuição de água no Porto Novo já está ultrapassado. A edilidade, depois de uma reunião com o Governo e a empresa, efectuou o pagamento da factura de Junho devido à empresa. No fim da reunião, em declarações à imprensa, a edil do Porto Novo, Rosa Rocha, afirmou que o pagamento já tinha sido regularizado mas sublinhou que o prazo “expirava a 20 de Agosto”. A empresa afirmou que a “partir do momento em que receberia o montante, iria repor a disponibilidade de água na rede”.

Agora fica ainda o restante da dívida e a revisão da relação entre os poderes locais e nacionais com a empresa.
“Essa situação serviu de alerta porque agora o Estado não só tem de acompanhar mais de perto a situação como também tem de tomar medidas que permitam salvaguardar em qualquer situação o interesse público onde esteja subjacente e que o mesmo nunca seja posto em causa”, afirma a Ministra Leonesa Fortes. Para a Ministra, as parcerias público-privadas no geral, não devem apenas atender a critérios jurídicos ou financeiros, apesar de serem importantes, mas tem de haver cautela, como alerta.

“Fizemos questão de frisar que esta decisão foi arbitrária uma vez que o Governo não teve conhecimento prévio e, sendo o Governo accionista, estamos a falar de uma parceria público-privada para o fornecimento de um bem essencial para as populações”, sublinha a Ministra mostrando a sua insatisfação com todo o processo que levou ao corte de água no Porto Novo. Defende que neste ou noutros casos devem esgotar-se todas as possibilidades de negociações e que a decisão “deveria ser tomada em assembleia e não numa reunião de conselho de administração”.
Fica então, como diz a Ministra, o alerta para estes tipos de situações esperando num acompanhamento mais de perto dos processos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.