Baia 2015: Dj’s brilham com a lua cheia por testemunha

17/08/2015 11:41 - Modificado em 19/08/2015 17:21
| Comentários fechados em Baia 2015: Dj’s brilham com a lua cheia por testemunha

image005Letra e Paulão são os artistas do “pitche” que abriram o Festival Baía das Gatas no último . Em seguida actuou o grupo local Niggaz Maluco,  que resulta  da junção de dois grupos, Niggaz d`Ponta e Dupla Maluco. Também teve lugar para uma participação musical da Escola Salesianos que está a desenvolver um projecto junto com o ICCA.

“É um orgulho tocar neste palco  , onde  a presença dos Dj´s transformou- se numa mais-valia para o evento. Assim deve-se aproveitar estes artistas para também abrilhantar às noites do festival” diz o Dj Letra um veterano que toca nas noites de Mindelo com grande paixão pelo rap crioulo.

“Oli mandinga ta bem panhob” foi um dos ritmos tocado pelo Dj Paulão  que pôs graúdos e crianças a dançarem. Após esta actuação seguiu- se  o grupo Niggaz Maluco que trouxe ao palco uma mensagem “ regionalização é a solução”, inclusive a primeira música foi dedicada a este tema , por acreditarem que a regionalização é a solução para São Vicente afirma Badiss um dos elementos do grupo.

Segunda ronda do “Lisbon Street-Band”
image006O “Lisbon Street-Band” , que actuou no primeiro do festival , voltou para a segunda ronda. A banda constituída  por 23 artistas tem como suporte  o grupo Serenata formado pelos seguintes :  Kit (baixista),Pedro e Djodje (guitarristas),Samú (no cavaquinho),Micau (na bateria), Yannick (no saxoprano), Daya (no piano) e Kikas (na repercursão) responsável da banda. Esta é parabenizada por alguns pela “maratona” em palco em semelhança da 1ª remessa da “Lisbon Street-band” visto que foram os que tiveram mais horas de toque a acompanhar vários artistas. A “Lisbon Street-band” começou com o artista Natche com a morna “Tereza (Fada) ” e fechou com Leonel ao som da coladeira “Redondinha.”

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.