91% dos alunos do 11ºano tiveram notas positivas

8/08/2012 01:04 - Modificado em 8/08/2012 01:04
| Comentários fechados em 91% dos alunos do 11ºano tiveram notas positivas

O Director da Escola Secundaria José Augusto Pinto, Emanuel José do Rosário, faz um balanço “muito positivo” mesmo reconhecendo que poderia ser melhor. Com uma taxa geral de aproveitamento a rondar os 71 por cento, afirma que enquanto houver “alunos a reprovar e abandonar escola sem cumprir ano lectivo, quer dizer que temos algum trabalho para a frente”. Um trabalho que ele classifica como “aliciante” porque os desafios são muitos.

 

O 11º ano apresenta maior taxa de aproveitamento com 91 por cento, enquanto o 9º ano com 65 porcento apresenta a menor. O 7º ano com 71 por cento, o 8º ano com 69 porcento e o 10 com 82 por cento são números alcançados pela escola. O 12º ano fica a parte já que com 52 por cento que engloba alunos que ficam com disciplinas por fazer.

 

Taxa de abandono causas e soluções

A taxa de abandono verificada este ano mostra-se mais preocupante no 7º ano com 15 por cento de abandono. O Director diz que a escola dará uma atenção especial neste aspecto e já tem algumas causas identificadas. Também espera implementar um programa motivacional para o próximo ano a fim de ajudar os alunos.

A motivação dos alunos, “engajamento de famílias na educação e acompanhamento de alunos durante o estudo” e carência dos alunos são algumas das causas apontadas por Emanuel do Rosário que podem estar na base de abandono escolar nos vários ciclos. Em relação as carências dos alunos adianta que constataram que “80 por cento dos alunos recebe algum tipo de apoio social, significa que 80 por cento são carentes e tem problemas de vária ordem” que podem baixar a auto estima.

A aposta será em aulas interactivas como ponto de partida para melhorar a motivação dos alunos em relação aos estudos.

O Director do JAP garante que os problemas que têm conhecimento vão agir e os desconhecidos, com estudo vão identifica-los e agir também sobre eles. 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.