Farmácia de serviço: um funcionário para atender a população de São Vicente

7/08/2015 07:18 - Modificado em 7/08/2015 07:18

Farmacia-24H-FDGOs mindelenses estão ralados com o serviço prestado pelas farmácias de serviço. Isto devido ao tempo de espera para aviar uma receita. Uma mindelense que estava à espera de ser atendida na Farmácia Higiene que estava de serviço na segunda-feira, disse ao NN que esteve duas as horas à espera para ser atendida e no sábado, esteve mais de quatro horas. Considera que “é uma pouca vergonha. É uma falta de respeito colocar apenas um funcionário para atender toda a população mindelense que necessite de medicamentos depois das 19 horas ou nos fins-de-semana”. Mas, o mais grave no caso da Farmácia Higiene, segundo outro cliente, é que “muitos medicamentos estão em falta”. Um senhor que sofre de pressão arterial diz que nessa farmácia quando vai comprar medicamentos recebe como resposta “ca tem”. O que levou que muitos comecem a chamar ao estabelecimento de “Farmácia Ca Tem”.

Contactado pelo NN, o responsável Marcelino Silva, admite a necessidade de maior stock de medicamentos e da colocação de mais um auxiliar no atendimento nas horas de maior procura.

Marcelino Silva justifica a situação com a falta de capacidade financeira para a solicitação de um stock maior de medicamentos. O mesmo afirma que a situação obriga a ter um stock reduzido, pelo que são forçados a fazerem pedidos diários de medicamentos em falta.

O responsável acrescenta que muitas vezes os utentes procuram a farmácia “no intervalo de tempo” em que os medicamentos ainda não deram entrada. Ainda assim, nem todos os medicamentos têm saída, sobretudo, os de tratamento alérgico, pelo que não se justifica uma quantidade maior que a demanda.

Quanto à demora no atendimento, o responsável da Farmácia Higiene reconhece a necessidade de mais um auxiliar, pois ”uma única farmácia e um atendedor para a população mindelense, justifica um aumento de funcionários”. Contudo, as condições financeiras não permitem satisfazer essa necessidade.

Os clientes não entendem como é que numa época onde há um aumento dos casos de gripe e de diarreia com um consequente aumento da compra de remédios, existe só um funcionário numa farmácia para atender toda a população. E o pior é que muitas vezes são despachados com um “Ca tem” e só resta aguentar as dores até ao dia seguinte.

  1. fredson

    Com todos esses clientes a esperar até quatro horas, não tem capacidade financeira??? Quando que esse senhor vai começar a fazer dinheiro então, só quando vamos ter que esperar oito horas?

  2. mindelense

    pelo menos devia ter uma farmacia de piquete a funcionar com o de servico ate as 23 hrs. ja era melhor. acho que a farmacia de serviço devia ter 2 pessoas para atender no minimo.

  3. xitiod

    Tud kes ot farmacia te tem 2 funciunario ate la p 10 ora mais o menos ma farmacia Higiene t tem 1 so eiainda por cima um pessoa ke atendê ne passo d tartaruga.No t esperá k direçao d kel farmacia t tma medidas p satisfaze clientes pq senao ê kel farmacia ê k t perde clientes pq pessoas t preferi esperá p dia seguinte do k perdê temp la t atura kel pasmacera devagar , devagarim e parod

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.