Agressão sexual: Padrasto condenado a sete anos de prisão

6/08/2015 09:08 - Modificado em 6/08/2015 09:08

prisão9O Tribunal da Comarca de São Vicente mandou para a prisão o homem que agrediu sexualmente a enteada de 11 anos, depois de a ter ameaçado de morte o primo da vítima.

O caso ocorreu ,em Maio do ano passado,  na sequência de uma denúncia. O arguido residia na zona de Monte Sossego e terá aproveitado da ausência da mãe da vítima ,que saiu para trabalhar, para cometer o crime.

O arguido responde por dois crimes de agressão sexual e de ameaça de morte. No dia da ocorrência o arguido terá apoderado de uma faca e ameaçado de morte o primo da vítima.

Os factos ficaram provados pelo Tribunal , que  assim entendeu aplicar uma pena de seis anos pelo crime de agressão sexual e um para o crime de ameaça.

De acordo com as declarações do próprio arguido,no dia dos factos encontrava-se sob efeito de álcool. A leitura da sentença foi proferida nesta terça-feira, 04 de Agosto.

  1. José Maria Nevada

    ” depois de a ter ameaçado de morte o primo da vítima.”???quem entendeu, explica-me. Por favor, sr jornalista.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.