Inter Ilhas: Sal derrota São Nicolau no pontapé de saída do torneio

30/07/2015 03:05 - Modificado em 30/07/2015 03:05
| Comentários fechados em Inter Ilhas: Sal derrota São Nicolau no pontapé de saída do torneio

Taça-de-Futebol-A anfitriã do torneio Inter ilhas, vulgo Taça de Independência venceu a selecção do São Nicolau,no jogo inaugural por 1-0 no estádio Marcelo Leitão, no Sal, num jogo que iniciou com quase uma hora de atraso.

O estádio Marcelo Leitão no Sal recebeu esta quarta-feira, 29 de Julho o jogo entre as selecções do sal e São Nicolau.

Aos 19 minutos da segunda parte a selecção da ilha do Sal ganhou vantagem na partida por intermédio de Cleidir, através de um pontapé de livre directo.

Com poucas oportunidades de golo na primeira parte, a equipa de São Nicolau foi a que teve as melhores oportunidades de golo, uma bola no poste e Adir em boa posição a falhar.

O treinador da selecção de São Nicolau, apesar da derrota considera que a sua equipa fez um bom jogo, com muito fair play e muita entrega de ambas as equipas. Diz que sua equipa jogou muito bem a transição de bola e lamenta o facto de ter sofrido o golo e não ter marcado, mas de forma geral mostrou-se satisfeito com a prestação da equipa e acredita que nos próximos terão a obrigação de ganhar.

Benur Évora disse estar satisfeito com a vitória, e garante que foi uma vitória muito sofrida, “porque era um São Nicolau muito diferente de 2013, com mais opções e jogadores de grande classe que criou-nos muitas dificuldades principalmente em situações de bola parada”. E sendo o próximo jogo frente ao Boavista no dia 03, Évora espera conquistar mais uma vitória para poder atingir as meias-finais.

“Estamos a jogar em caso e com o apoio do nosso público esperamos atingir a final”, realça.

Fogo, actual detentor do título, joga esta quinta-feira, a defesa do título perante a selecção de São Vicente.

A anteceder o jogo inaugural houve uma cerimónia de abertura que contou com a presença do presidente da ilha do Sal, Jorge Figueiredo, o presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebole um representante da FIFA.

Contrariamente ao que foi habitual nas últimas edições e como foi anteriormente noticiado por este online, a seleção da diáspora não irá participar no torneio. Segundo o A Nação,a organização do torneio tinha convidado uma equipa formada por cabo-verdianos residentes na Holanda, mas que se mostraram indisponíveis para tal devido aos elevados custos que esta acarretava.

De relembrar que as nove selecções estão divididas em três grupos:o grupo A que é formado pelas formações de São Nicolau, Boavista e Sal; o grupo B é formado pelo Fogo, São Vicente e o Maio; e no grupo C é formado por Santo Antão, Santiago e Brava.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.