Aeroporto Internacional Amílcar Cabral vai ter um novo terminal

29/07/2015 07:33 - Modificado em 29/07/2015 07:33
| Comentários fechados em Aeroporto Internacional Amílcar Cabral vai ter um novo terminal

aeroportoO primeiro-ministro José Maria Neves, fez hoje o lançamento da primeira pedra das obras de reforma e ampliação do Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, na Ilha do Sal. 

O projecto está orçado em 7 milhões e 400 mil euros e vai contar com a construção de áreas novas, a remodelação profunda das áreas existentes, sobretudo, a nível das partidas internacionais e das chegadas domésticas e internacionais.

O presidente do Conselho de Administração da ASA, Sandro de Brito, citado pela RCV realça a dinâmica do turismo e o crescimento sistemático do tráfego inerente que impõe ao sector aeroportuário uma forte capacidade de adequação e reorganização das infra-estruturas com vista a garantir cada vez mais conforto e segurança aos passageiros. “Com este novo terminal cuja primeira pedra é lançada agora, vamos colocar à disposição dos utilizadores aeroportuários mais de seis mil metros quadrados de área de processamento”.

Sandro de Brito garante que este novo terminal irá representar anualmente mais de cinquenta por cento da área existente actualmente e um aumento da capacidade de mil e cem passageiros para mil seiscentos e trinta e oito passageiros por hora de pico.

“Desta forma e pela envergadura deste projecto de ampliação e modernização do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, estamos a dar um importantíssimo passo na melhoria da qualidade de acessibilidade à ilha”, transpõe o dirigente máximo da ASA.

Por seu turno, a Ministra das Infra-estruturas e Economia Marítima, Sara Lopes, destaca as características do aeroporto do Sal que tem conseguido ao longo dos tempos resistir às várias mudanças e enalteceu a ASA pela visão e empreendedorismo ao lançar obras em simultâneo em três aeroportos do país.

O primeiro-ministro José Maria Neves, diz que no domínio dos transportes aéreos ou dos aeronegócios também as coisas começam a encaixar-se. “Quatro aeroportos internacionais que se desenvolveram rapidamente, estão agora a receber novas obras no quadro do desenvolvimento dos planos directores desses aeroportos. É o que estamos a fazer pensando sempre no futuro e pensando em transformar Cabo Verde num hob no domínio dos transportes aéreos e marítimos”.

Relembrou ainda que isso leva tempo, mas com trabalho persistente, Cabo Verde consegue alcançar os seus objectivos. E conclui afirmando que o mais importante é continuar a investir, continuar a trabalhar na linha de criação de condições para que Cabo Verde seja efectivamente uma plataforma de serviços, um centro internacional de prestação de serviços nesta região.

As obras de reforma e ampliação do Aeroporto Internacional Amílcar Cabral serão executadas pelo consórcio espanhol Acciona Infra-estruturas e Alberdore Soluciones e deverão estar concluídas dentro de 24 meses, isto é, em 2017. De relembrar que o primeiro-ministro está no fim de um périplo pelas ilhas e pela diáspora com o lançamento e inauguração de várias obras, sendo esta mais uma.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.