Ulisses Correia e Silva: “a governação do PAICV foi um falhanço”

28/07/2015 01:09 - Modificado em 28/07/2015 01:09

Ulisses-Correia-da-Silva-2Em vésperas de discussão do Estado da Nação e do fim de um ciclo, no próximo ano, de 15 anos de governação sob a liderança de José Maria Neves como primeiro-ministro, num balanço feito pelo líder do MpD e candidato a primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva diz que o Governo com todos os recursos que teve durante os últimos quinze anos, tinha de dar outro resultado.

“Falhanço de todo o tamanho”, assim classifica Ulisses Correia, à governação do PAICV. “O Governo que recebeu mais de seis bilhões de euros para o seu financiamento, não poderia estar a produzir estes resultados”.

Alta taxa de desemprego, degradação institucional, degradação da situação de insegurança, baixo crescimento económico, elevadas assimetrias entre as ilhas e ainda vários problemas nas diversas ilhas, é a leitura do resultado da governação do líder do MpD. E estes pontos, para Ulisses Correia e Silva, são a prova do “falhanço de todo o tamanho” por parte do Governo.

  1. DJIN

    SEM DÚVIDA ULISSES, mas a vossa governação não vai ser melhor. A primeira coisa a fazer é politização das instituições de forma que apenas os camaradas de Partido beneficiem de emprego e chefia; depois aumento de impostos, salários exorbitantes para os camaradas gestores, etc. etc. ESTAMOS DESILUDIDOS CONVOSCO.

  2. Amor a terra

    É preciso ter muita lata, ou é memória muito fraca oujá sofre de amnésia.

  3. o sr. ulisses tem toda a razão com tantos emprestimos versus endividamentos, tinham o direito de fazer muito mais.

  4. curiosidade

    concordo plenamente com o Sr. Ulisses, quando ele disse “com todos os recursos que teve durante os últimos quinze anos, tinha de dar outro resultado”, na verdade queriamos mais mas não foi possivel, e o que tudo indica ouve uma boa gestão da coisa publica, agora uma coisa é certa, se fosse o MPD que estava no poder com a crise economica internacional aliados com a crise intelectual dos seus dirigentes seria uma LASTRA.Eu acho que o MPD não tem nenhum moral para assanar os dedos ao PAICV porque ele ja foi governo durante dez(10) anos e não vi se foram os melhores na matéria de governação, a minha opinião é que o MPD deve continuar na opisição por mais 5 anos.

  5. Dos Santos Marques J

    Bom dia, a todos!
    4033 Km, nao dà azos para tanta propalaçao.
    Meio milha de habitantes residente, tambem nao,
    Geograficamente(chuva), a base da sustentabilidade, tambem nao!
    Bonecas vestidas de Sedas e Homens de papeis, tambem, Nao, Condenados a condenar o amigo adversario doutro nao Partido, porque outrora jà éramos Inteiro!
    Direito a expressao!
    Um Grande abraço à atodos!

  6. José bolifácio

    É lamentável, mesmo triste ver pessoas que dizem amar a terra, amar Cabo Verde, terem a coragem de defender o país estrangulado em dividas, sem crescimento, cada vez mais inseguro, com mais pobreza e com muito mais salários chorudos para os Boys de carteirinha. Tenham respeito pelas pessoas, ou calem-se ou então estão a ser beneficiados de alguma forma por esta desgovernação. Acordem de uma vez por todas, 3 mandatos deveria ser proibido em África, sobretudo quando estamos em estado claro de degradação a todos os níveis sociais e económicos.

    Se a intenção é voltarmos ao partido unico estão muito enganados porque não vão conseguir. CHEGA. NHÓS BA RENOVA MENTE E ESTRATÉGIA PA QUE CONTRIBUTO NA PRÓXIMO BES QUE NHÓS ALCANÇA PODER SER MAIS INCLUSIVO E REALMENTE POR AMOR A TERRA, SEM FALÁCIAS.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.