Banco Mundial empresta dez milhões para erradicar pobreza

27/07/2015 08:25 - Modificado em 27/07/2015 08:25

ruisemedoO Banco Mundial (BM) vai emprestar dez milhões de dólares para financiar projetos de erradicação da pobreza no arquipélago.

O anúncio foi feito, este sábado, pelo ministro da Defesa Nacional, Rui Semedo, que explicou que o empréstimo deve ser liquidado dentro dos próximos quarenta anos.

De 2002 a 2010, o índice de pobreza em Cabo Verde baixou de 37% para 27%, enquanto a taxa de pobreza extrema foi reduzida de 21% para 12%.

abola.pt

  1. Sergio Santos

    Embora me cause sempre profunda apreensão sempre que se fale em mais endividamento para o nosso endividado Cabo Verde, mesmo que com emprestimos concessionais de longo prazo, gostaria que esse fundo não fosse diluído por entre as associações próximas do PAICV, mas sim canalizadas através das autarquias ou de entidades governamentais sem delegações que se configuram como apêndices do partido do governo para propagandca eleitoralista.

  2. Acho que esse montante deveria ser canalizado para os Municipios, tendo em conta que eles estão mais perto das populações e sabem as suas reais necessidades e conseguem localizar melhor e no terreno, a camada mais pobre e apresentar projectos que vão de encontro necessidades de cada conselho.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.