Futebol de luto: Morreu “Djó de Pedra de Lume”

27/07/2015 07:57 - Modificado em 27/07/2015 07:57
| Comentários fechados em Futebol de luto: Morreu “Djó de Pedra de Lume”

bola-lutoMorreu este domingo, na ilha do Sal, o antigo guarda-redes da selecção nacional, “Djó de Pedra de Lume”.

“Djó de Pedra de Lume”, de nome próprio José Rocha Fernandes, faleceu durante um passeio na praia de Pedra de Lume. Djó e os amigos estavam acampados.

A Delegada de Saúde Ana Paula Santos adiantou à RCV que Djó teve um enfarte agudo do miocárdio. E destino ou não, Djó veio a falecer entre duas balizas. É que segundo relatos, a tenda onde estavam tinha como suporte duas balizas de futsal.

Djó que se queixou de algumas dores, veio a falecer na praia.

Dany Cruz, amigo do malogrado garante que foi tudo muito rápido, numa altura em que este se queixava de uma indisposição. Diz que saiu para responder a uma chamada de um dos colegas e quando voltou, Djó estava com um “ronco” muito forte e tentou reanimá-lo mas não conseguiu e foi pedir ajuda e trouxe consigo mais três pessoas, mas já era tarde de mais. “Ele já estava morto”.

João da Mata, antigo guarda-redes, diz que Djó era um génio do desporto, “como guarda-redes era o que podemos chamar de génio. Ele nasceu com o dom do desporto. Ele dava em quase todas as modalidades. Era um atleta de corpo e alma. Infelizmente, a vida nem sempre é justa”, desabafa.

Dani Cruz diz que foi por destino a morte de Djó entre duas balizas.

Iniciou a sua carreira no Verdan e foi internacional nos anos setenta e oitenta. Jogou também no Académico, Juventude, Boavista da Praia e Ribeira Bote.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.